Prisão preventiva para jovem de 17 anos suspeito de matar outro em bar de Paredes

Agência Lusa , FMC
1 jun, 19:34
Justiça

Está indiciado por dois crimes de homicídio qualificado, um dos quais na forma tentada

O jovem de 17 anos, suspeito de matar outro a tiro e ferido um terceiro com gravidade, na madrugada de domingo, num estabelecimento de diversão noturna, em Paredes, no distrito do Porto, ficou esta quarta-feira em prisão preventiva.

Fonte judicial adiantou à agência Lusa que o estudante e residente no Porto foi presente na tarde desta quarta-feira a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel, que decretou a medida de coação mais gravosa: prisão preventiva.

Em comunicado divulgado na terça-feira, a Polícia Judiciária (PJ) dava conta da detenção do “presumível autor da prática de dois crimes de homicídio qualificado, um dos quais na forma tentada”, relativamente a factos ocorridos pelas 06:15 de domingo, num estabelecimento de diversão noturna, em Paredes, distrito do Porto.

“O arguido, sem qualquer incidente prévio que o justificasse, e empunhando uma arma de fogo, terá efetuado um disparo em direção a cada uma das vítimas, atingindo-as em zonas vitais”, explicou a PJ.

Uma das vítimas, que viria a falecer no Hospital de São João, no Porto, devido à gravidade dos ferimentos, tinha 26 anos, era casado, tinha um filho de tenra idade e era empresário na área da construção civil, acrescentou esta força de investigação criminal.

A outra vítima, de 25 anos, é operário fabril e encontra-se hospitalizada no Hospital de São João.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados