Prisão preventiva para suspeitos de mais de 20 crimes, incluindo homicídio qualificado e assalto a idosas na Damaia

CNN Portugal , Henrique Machado
21 mai, 10:26
Prisão

atividade criminosa do grupo ter-se-á acentuado a partir do mês de dezembro de 2021.

Vão ficar em prisão preventiva cinco homens responsáveis por mais de 20 crimes, sendo dois deles suspeitos de um assalto à ourivesaria de duas irmãs idosas, uma com 84 anos e a outra 91, que enfrentaram dois assaltantes durante um roubo na Damaia, na Amadora, na última terça-feira.

A detenção aconteceu ao fim da manhã desta quinta-feira, minutos depois de os suspeitos terem realizado novo assalto. Dois dos detidos têm nacionalidade portuguesa e todos têm idades entre 25 e 41 anos. Através de comunicado, a PJ acrescenta que o grupo terá sido responsável por mais de duas dezenas de crimes de roubo agravado, com ameaça de armas de fogo, um homicídio qualificado na forma tentada, e diversos crimes de detenção e uso de arma proibida. 

“Aquando da detenção, os suspeitos, que se encontravam no interior de três viaturas, reagiram com violência, procurando atropelar os elementos da Polícia Judiciária”, pode ler-se no comunicado. A PJ dá conta de que os suspeitos tinham na sua posse, quando foram detidos, o produto roubado num assalto que tinham feito minutos antes.

Os acusados estavam ainda munidos com uma arma de fogo, carregada e pronta a disparar, e diversos objetos utilizados durante os roubos, designadamente luvas, gorros e peças de vestuário. A atividade criminosa do grupo ter-se-á acentuado a partir do mês de dezembro de 2021.

 

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados