Prisão preventiva para suspeito de abusar sexualmente da irmã e sobrinha menores

Agência Lusa , BC
17 mar 2023, 11:26
Polícia Judiciária

Crianças eram abusadas sexualmente pelo suspeito, de 24 anos, desde os quatro e seis anos

Um homem de 24 anos encontra-se em prisão preventiva depois de detido por suspeita da prática de duas centenas de crimes de abuso sexual de crianças, contra a irmã e a sobrinha, desde os seus quatro e seis anos.

Num comunicado divulgado esta sexta-feira, a Polícia Judiciária (PJ) explicou que a detenção, fora de flagrante delito, aconteceu na sequência do desenvolvimento de uma investigação a crimes de natureza sexual e “após recolha de sólidos elementos probatórios”.

A investigação permitiu apurar a “existência de forte indícios da prática” dos crimes de abuso sexual “na sua forma agravada”, na área da comarca de Sintra (distrito de Lisboa), de 2021 a 2023, “desde que as vítimas tinham quatro e seis anos de idade”.

Segundo a nota, o homem atuava em contexto familiar, “aproveitando a posição de confiança e ascendência que detinha”, tendo em conta a relação de parentesco, já que era “irmão e tio das vítimas”.

“As menores, de tenra idade, sofreram atos sexuais de especial relevo, dos quais resultaram marcas indeléveis, pericialmente atestadas”, refere ainda a PJ.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Mais Lidas

Patrocinados