Aguaceiros, céu muito nublado e poeiras. A previsão do tempo para este fim de semana

CNN Portugal , BCE
25 mar, 12:35

O fim de semana começa com aguaceiros um pouco por todo o país e céu muito nublado. A concentração de poeiras deverá prolongar-se até domingo, embora "com menor densidade" do que esta sexta-feira

Depois de uma semana marcada por períodos de chuva de norte a sul do país, incluindo nas ilhas, o fim de semana traz agora aguaceiros dispersos pelo território, céu muito nublado e um novo episódio da suspensão de poeiras um pouco por todo o país.

Esta sexta-feira, pode contar com aguaceiros fracos e dispersos pelo território e temperaturas a oscilar entre os 17 e os 21 graus de máxima e os 9 e 13 graus de mínima. O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê ainda a suspensão de poeiras em todo o país, embora "não se note muito, pelo menos na região norte e centro, devido à maior nebulosidade", refere o meteorologista Bruno Café.

O sábado começa com "alguns períodos de céu muito nublado" e estão previstos "alguns aguaceiros fracos e dispersos, mais prováveis durante a tarde". O IPMA prevê ainda uma "pequena descida das temperaturas mínimas", que oscilam entre os 6 graus na Guarda para os 11 graus previstos para o Porto e Aveiro. As temperaturas máximas variam entre os 11 e os 22 graus. O vento deverá ser fraco a moderado do quadrante leste e "sopra por vezes forte nas terras altas".

Para domingo, o IPMA prevê "céu geralmente pouco nublado" e uma maior intensidade do vento, sobretudo na costa sul do Algarve e nas terras altas, em particular a partir da tarde". Prevê-se também uma "pequena subida da temperatura máxima", que poderá variar entre os 13 graus (Guarda) e os 23 (Braga).

"Durante e sábado e domingo há também a possibilidade de haver poeiras em suspensão, embora com uma densidade menor do que no dia de hoje [sexta-feira]", salienta Bruno Café. 

A concentração de poeiras prevista é "muito inferior à ocorrida na semana passada, podendo ser caracterizada como um episódio normal, com intensidade semelhante aos que ocorrem com alguma frequência sobre os céus da Península Ibérica", refere o IPMA, em comunicado divulgado esta quinta-feira.

"Esta situação é promovida pela circulação em altitude, em que temos um fluxo do norte de África originado por uma depressão localizada a sudoeste do território do Continente. A depressão irá deslocar-se progressivamente para leste, levando à alteração do padrão de circulação, de tal forma que no dia 26 de março a concentração de poeiras será já muito baixa e poder-se-á considerar este episódio concluído", pode ler-se ainda.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Meteorologia

Mais Meteorologia

Patrocinados