Governo vai prolongar corte de impostos nos combustíveis. Veja os novos valores

30 jun, 21:13
Cuidado com o preço dos combustíveis: ASAE atenta a "práticas comerciais desleais"

Governo vai prolongar durante os próximos dois meses a redução do Imposto sobre os Produtos Petrolíferos, apurou a CNN Portugal. Mas fixa valores e deixa de revê-los à semana

O Governo vai estender durante os meses de julho e agosto a redução do imposto sobre os produtos petrolíferos, como forma de baixar o preço final dos combustíveis. A CNN Portugal sabe que a decisão foi esta quinta-feira aprovada em Conselho de Ministros – e que tem novas caraterísticas.

O corte dos impostos em vigor aplicava-se apenas aos meses de maio e junho, terminando portanto a 30 de junho. Mas como os preços dos combustíveis continuam mjuito elevados, o governo decidiu prolongar a decisão durante mais dois meses, assim cobrindo os meses de julho e agosto.

Só que o modelo não é exatamente o mesmo. O governo decidiu deixar de fazer revisões semanais do corte do ISP, como fazia até aqui, e fixar os cortes. Recorde-se que o objetivo inicial era, através do ISP, alcançar o equivalente a uma descida do IVA de 23% para 13%. Para isso, o governo lançou um conjunto de medidas, que agora pretende simplificar.

No total, e segundo conseguiu confirmar a CNN Portugal junto de fontes do governo, as medidas aprovadas em Conselho de Ministros representarão uma descida de 28,2 cêntimos por litro no gasóleo e de 32,1 cêntimos por litro na gasolina, o que é próximo dos valores atuais. 

Segundo dados desta quinta-feira da Direção-Geral de Energia e Geologia, o preço médio em Portugal continental do gasóleo simples é neste momento de 2,062 euros por litro. Já o preço médio da gasolina simples 95 é de 2,101 euros por litro.

Dinheiro

Mais Dinheiro

Patrocinados