Cada português no Canadá "é um embaixador permanente de Portugal" no país, diz Santos Silva

Agência Lusa , CE
12 jun, 21:16
Augusto Santos Silva (Lusa/António Cotrim)

O presidente da Assembleia da República escolheu o Canadá para as celebrações do 10 de Junho

O presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, afirmou este domingo em Laval, no Quebeque, que cada português a residir no Canadá “é uma embaixada permanente de Portugal” no país norte-americano.

“Nós no Canadá não temos apenas um embaixador (António Leão Rocha), temos 500 mil embaixadores por cada português e portuguesa que está aqui é uma verdadeira embaixada permanente de Portugal”, afirmou Santos Silva, para centenas de presentes nas festas do Divino Espírito Santo. 

O presidente da Assembleia da República escolheu o Canadá para as celebrações do 10 de Junho, naquela que é a sua primeira visita oficial ao país, que teve início no dia 11 de junho, terminando na próxima terça-feira.

O socialista acrescentou que a diáspora no Canadá “representa o que Portugal de melhor tem”, situação que acontece praticamente em “todo o mundo”, com uma “especial expressão no Canadá”.

Na província francófona, na cidade de Laval, onde reside uma grande comunidade de origem açoriana, o político homenageou os luso-canadianos pela “enorme vantagem” que têm no trabalho quotidiano” em promover Portugal.

No seu discurso, Augusto Santos Silva, mostrou ainda aos presentes uma gravata assinada por escritores dos Açores, desde Antero de Quental, passando por Natália Correia e por Nemésio, que “souberam honrar o nome de Portugal, tal como o faz a diáspora luso-canadiana”.

Esta tarde, o presidente da Assembleia da República participa na inauguração do mural de homenagem a Aristides de Sousa Mendes, junto ao Parque de Portugal, em Montreal. Depois seguirá para visitar a Missão de Santa Cruz, reunindo-se no final do dia com a comunidade portuguesa.

Na segunda-feira, estará em Otava, onde visitará o parlamento federal, onde se reunirá com o presidente do senado canadiano e com o ‘speaker’ da Câmara dos Comuns, participando no hastear da bandeira de Portugal junto ao parlamento federal, estando ainda previsto um encontro com a comunidade portuguesa.

Na terça-feira conclui a visita ao Canadá em Toronto, encontrando-se no programa uma visita à escola de ensino básico de Santa Helena.

Dados do recenseamento canadiano de 2016 revelam que o número de portugueses e lusodescendentes na área metropolitana de Montreal deverá ser superior a 60.000, o que representa cerca de 15% da comunidade portuguesa no Canadá.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Política

Mais Política

Patrocinados