Funchal, o mistério dos pombos mortos

Agência Lusa , CF
27 jul, 17:54
Chama-se New Kim e é o pombo-correio mais caro do mundo

Câmara Municipal do Funchal está “averiguar as circunstâncias” que levaram ao aparecimento de pombos mortos em vários espaços da cidade

“A Câmara Municipal do Funchal informa ter sido confrontada esta manhã com a notícia de pombos encontrados sem vida em algumas zonas da cidade”, lê-se numa nota distribuída pela autarquia. No documento é referido que os animais mortos apareceram junto da Sé e do Jardim Municipal do Funchal, no centro da cidade.

A autarquia “lamenta a situação” e adianta que os serviços municipais procederam à recolha dos animais, tendo sido enviados exemplares para a Direção Regional de Veterinária, do governo madeirense, para “averiguar as circunstâncias” desta ocorrência. A principal câmara municipal da Madeira aponta que “tem em curso algumas ações para controlo populacional dos pombos na cidade”.

No âmbito dessas ações, a autarquia monitoriza e inventaria esta espécie e as áreas de nidificação conhecidas, fazendo a prospeção de novos locais que os pombos estejam a escolher para o efeito. Também efetua a manutenção e controlo populacional dos pombos no concelho, através da inviabilização de ovos, utilização de milho contracetivo e criação de animais para alimentação, colocados em locais estratégicos da cidade.

O município realça que apostou ainda na sensibilização ambiental, com ações relativas à importância do controlo da população desta espécie, chamando à atenção de quem alimenta estas aves, para não o fazer, pelo facto de os pombos terem capacidade para procurar o seu próprio alimento.

A Câmara Municipal do Funchal complementa que tem fechado algumas janelas e áreas de acesso ao interior de edifícios devolutos, que são muitas vezes utilizados por estas aves para nidificação. Para “dificultar o poiso e nidificação, o município está ainda a analisar a possibilidade de utilização de repelentes certificados para este efeito, nos locais a seu cargo”, refere.

País

Mais País

Patrocinados