PJ garante extradição para Portugal de estrangeiro suspeito de tentativa de homicídio

Agência Lusa , DCT
19 ago 2023, 08:57
PJ

O suspeito ficou entretanto sujeito à medida de coação de prisão preventiva, depois de ter sido presente às autoridades judiciárias.

A Polícia Judiciária (PJ) assegurou a extradição para Portugal de um cidadão estrangeiro detido em França por suspeita de tentativa de homicídio e outros crimes em 2020 em Lisboa, revelou este sábado o órgão de polícia criminal.

Segundo a nota de imprensa da PJ, o suspeito, de 38 anos, que foi detido pelas autoridades francesas após um mandado de detenção europeu emitido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa, está “fortemente indiciado” por homicídio qualificado na forma tentada, ofensas à integridade física qualificadas, roubo agravado, coação agravada e detenção e uso de arma proibida, alegadamente praticados em coautoria com mais seis indivíduos.

Os crimes ocorreram em Lisboa entre setembro de 2019 e janeiro de 2020, período em que o arguido, em conjunto com outros quatro arguidos localizados e detidos durante o ano de 2020, agiu de forma violenta sobre quatro vítimas, recorrendo a armas de fogo e armas brancas com o objetivo de controlar lojas de retalho e extorquir dinheiro. As vítimas eram todas do sexo masculino e de nacionalidade estrangeira, tendo precisado de cuidados médicos.

“As diligências iniciais desenvolvidas durante o ano de 2020 permitiram localizar e deter quatro arguidos desta ação criminosa, tendo logrado a fuga para país estrangeiro o arguido agora localizado e detido pelas autoridades francesas”, esclareceu a PJ.

O suspeito ficou entretanto sujeito à medida de coação de prisão preventiva, depois de ter sido presente às autoridades judiciárias.

País

Mais País

Mais Lidas

Patrocinados