PJ detém seis suspeitos de distribuir em Portugal droga comprada em Espanha

Agência Lusa , CF
26 jun, 14:53
Crime

A operação "Areia Branca" resultou na detenção de cinco homens e uma mulher e na apreensão de produtos estupefacientes

 A Polícia Judiciária (PJ) deteve na passada sexta-feira seis pessoas alegadamente pertencentes a “um grupo criminoso” que se dedicava à distribuição de produtos estupefacientes em Portugal, adquiridos no Sul de Espanha, foi este domingo anunciado.

Em comunicado, a PJ refere que a operação denominada “Areia Branca”, visou “desarticular o grupo”, tendo sido detidos cinco homens e uma mulher, com idades entre os 32 e os 38 anos, que, nos últimos meses, “se vinham dedicando à distribuição a nível nacional de quantidades significativas de droga”.

Na operação desencadeada através da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes da PJ, foram apreendidos 18 quilogramas de canábis em folhas, seis quilogramas de haxixe, cerca de cem comprimidos de MDMA-Ecstasy e uma pequena quantidade de cocaína.

Além dos produtos estupefacientes, foram apreendidas diversas viaturas, equipamentos de telecomunicações, dinheiro e outros objetos “com relevante interesse para a prova dos factos sob investigação”, notou a polícia.

No documento a PJ não especifica o local em que ocorreram as detenções e as apreensões policiais.

De acordo com a PJ, os detidos foram ouvidos em primeiro interrogatório judicial, tendo o tribunal decretado a prisão preventiva a quatro deles, enquanto os outros dois ficam obrigados a apresentações periódicas e proibidos de contactar com os restantes.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados