Presidência da República confirma que enviou à PGR denúncia que envolve D. Ornelas há um mês

Agência Lusa , MM
4 out, 14:29

Nota da Presidência confirma envio da denúncia no dia 6 de setembro

A Presidência da República informou esta terça-feira que "enviou à Procuradoria-Geral da República (PGR), no dia 6 de setembro, uma denúncia envolvendo, nomeadamente, D. José Ornelas", sem especificar em que consiste essa denúncia. Esta segunda-feira, no Exclusivo, a TVI (do mesmo grupo da CNN Portugal) avançou que o caso relacionado com abusos sexuais a crianças moçambicanas no orfanato do Gurué tinha sido reaberto devido ao encaminhamento desta denúncia, de Marcelo para a PGR.

Numa nota publicada esta terça-feira no sítio oficial da Presidência da República na Internet, lê-se que, "a 24 de setembro, o Presidente da República [Marcelo Rebelo de Sousa] confirmou a D. José Ornelas esse envio, já depois de este ter sido contactado pela comunicação social sobre este assunto".

No sábado, o Ministério Público confirmou estar a investigar o bispo José Ornelas, presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, por alegado encobrimento de abusos sexuais, referindo ter recebido sobre esta matéria uma "participação provinda da Presidência da República".

De acordo com a nota publicada esta terça-feira, "a Presidência da República enviou à Procuradoria-Geral da República, no dia 6 de setembro, uma denúncia envolvendo, nomeadamente, D. José Ornelas" e, depois dessa data, "foi contactada por vários órgãos de comunicação social, para confirmar tal envio, o que naturalmente confirmou".

José Ornelas, bispo da diocese de Leiria-Fátima e presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, assumiu em entrevista à CNN Portugal, na segunda-feira, que foram abafados casos de abusos sexuais de menores na Igreja Católica.

País

Mais País

Patrocinados