Continuam as buscas para encontrar dois pescadores nos Açores

Agência Lusa
3 mai, 12:11
Ilha de São Jorge, Açores (Lusa/António Araújo)

Estão a ser realizadas buscas por terra e operações de mergulho

As buscas para encontrar os dois pescadores desaparecidos desde sábado nos Açores, depois de o barco onde seguiam ter encalhado junto à ilha de Santa Maria, continuam a ser infrutíferas, disse hoje à Lusa fonte da Marinha Portuguesa.

“As buscas têm sido ininterruptas desde sábado. Mas, até agora não conseguimos encontrar qualquer indício", explicou a comandante da Marinha Mónica Martins, acrescentando que as operações prosseguem hoje.

No local estão esta manhã mobilizadas duas embarcações da Autoridade Marítima, juntamente com o navio da Marinha NRP Setúbal, que se mantém na área em permanência, além da embarcação de pesca Baía do Sol, indicou ainda, em declarações à Lusa.

"Estão também a colaborar nas buscas um navio mercante e um veleiro, que estão em trânsito na zona", acrescentou.

Ainda de acordo com a Marinha, estão também a ser realizadas buscas por terra com elementos dos bombeiros de Santa Maria e da Polícia Marítima.

Em paralelo, estão a ser realizadas "operações de mergulho" no local, numa operação que conta com "a participação do sobrevivente do acidente", indicou.

Mónica Martins assinalou ainda que foi lançado um aviso à navegação para que todas as embarcações que estão a cruzar as áreas de buscas tenham especial atenção a qualquer eventual vestígio.

A embarcação de pesca Alexandre, que encalhou perto da baía da Praia Formosa, foi rebocada para o porto de Vila do Porto.

O alerta, recebido às 18:45 no Centro de Coordenação e Buscas de Ponta Delgada, foi dado por um terceiro tripulante, resgatado com vida pela embarcação de pesca Santo Onofre, cerca das 18:00.

De acordo com o sobrevivente, os dois pescadores deixaram de ser vistos às 14:00.

As operações são geridas pela Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada.

País

Mais País

Patrocinados