Chuvas torrenciais fazem pelo menos 56 mortos e 56 desaparecidos no Brasil

CNN Portugal , HCL (atualizado às 19:34)
29 mai, 16:35

Pelo menos 56 pessoas morreram devido ao deslizamento de terras provocado por chuvas torrenciais no Brasil. Mais de três mil ocorrências de deslizamentos de terras e cheias foram registadas nas últimas 24 horas, segundo as autoridades

As chuvas fortes que atingem o estado brasileiro de Pernambuco já fizeram pelo menos 56 mortos e 56 desaparecidos, num momento em que o governo federal prometeu começar a distribuir recursos assim que forem reconhecidos os decretos de emergência do estado e municípios. A atualização do número de vítimas foi feita durante uma conferência de imprensa neste domingo pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira. O primeiro número avançado pelo responsável foi de 44 vítimas mortais, mas o número já foi atualizado para 56 mortos.

Aos jornalistas, referiu que as informações mais atualizadas indicam 56 mortes, 56 desaparecidos, 25 feridos, 3957 desabrigados e 533 desalojados em Pernambuco. “Ainda ontem telefonei para o governador do estado e para o prefeito (presidente da Câmara) de Recife, e coloquei de imediato as equipass do governo federal à disposição. Uma equipa da Defesa Civil nacional permanecerá em Pernambuco enquanto a situação perdurar”, acrescentou.

“São recursos para kits de higiene, limpeza, colchões, cestas básicas, combustível e alimentação para equipes de resgate”, salientou o ministro Daniel Ferreira. 

As autoridades aconselharam ainda 32 mil famílias a retirarem-se de áreas de risco e ofereceram refúgio em instalações municipais, enquanto outras ficaram em casas de amigos ou parentes. As chuvas causaram vários deslizamentos e inundações em todo o estado de Pernambuco, principalmente no Recife e região metropolitana.

Em apenas 24 horas, entre as 23:00 de sexta-feira e as 11:00 de sábado (entre as 3:00 e as 15:00 de sábado em Lisboa), a cidade de Recife registou 70% da previsão de chuvas para todo o mês de maio, sublinhou a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil. Mais de três mil ocorrências de deslizamentos de terras e cheias foram registadas nas últimas 24 horas, também segundo a mesma fonte.

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, anunciou a nomeação de 92 novos membros do Corpo de Bombeiros, que tomarão posse a partir de 6 de junho, para reforçar o resgate das vítimas das enchentes, avançou também a CNN Brasil.

O governador solicitou ainda o apoio de efetivos das Forças Armadas, além de embarcações e aeronaves do exército brasileiro.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados