Covid-19: mais de 13 mil pessoas em Pequim de quarentena forçada após deteção de 26 casos

Agência Lusa , CE
21 mai, 07:13
Hora de ponta no metro de Pequim

As autoridades alertaram que quem resistisse ao isolamento poderia vir a sofrer represálias

Milhares de residentes de Pequim foram colocados em quarentena forçada durante a madrugada, após 26 casos de covid-19 terem sido detetados num complexo habitacional.

Mais de 13.000 residentes do complexo residencial Nanxinyuan, no sudeste da capital, apesar de terem testado negativo, foram transportados para hotéis de isolamento e ameaçados com represálias, se resistissem.

"Especialistas decidiram que todos os residentes de Nanxinyuan ficarão em quarentena a partir da meia-noite (...) durante sete dias", informaram as autoridades sanitárias do distrito de Chaoyang.

"Por favor cooperem, caso contrário sofrerão consequências legais", acrescentaram.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados