Distrital de Lisboa do PSD com lista que aposta em apoiantes de Rangel

1 dez 2021, 14:39
PSD

Ricardo Baptista Leite não está nas indicações, Rodrigo Gonçalves foi o número um da concelhia de Lisboa. As listas começaram hoje a ser apresentadas à direção 

A Distrital de Lisboa do PSD aprovou ontem a lista com as indicações de deputados para as próximas legislativas. São 63 nomes, incluindo 21 mulheres, numa lista composta sobretudo por nomes das estruturas, maioritariamente apoiantes de Paulo Rangel, derrotado nas diretas do passado sábado.

Excluem, por exemplo, em Cascais, o nome de Ricardo Baptista Leite, deputado e vice-presidente da bancada parlamentar na última legislatura. A concelhia optou por indicar Gonçalo Lage, deputado municipal de Cascais e porta-voz da bancada do PSD na Câmara.

Por outro lado, apurou a CNN, Rodrigo Gonçalves foi a primeira indicação da concelhia de Lisboa. O vice-presidente da Distrital foi apoiante de Rui Rio na primeira eleição e esteve como consultor da direção do PSD, mas acabou por sair na sequência de uma notícia do Diário de Notícias que o associava a perfis falsos nas redes sociais. Nas anteriores diretas tinha apoiado Luís Montenegro contra Rui Rio.

Fontes da distrital de Lisboa indicam que os nomes para apresentar à direção social-democrata estão ordenados apenas por ordem alfabética e incluem toda a estrutura da concelhia e da distrital mas não fizeram incluir apoiantes de Rui Rio, pelo menos em proporção à votação que o líder reeleito obteve no distrito (cerca de 40%).

As indicações concelhias incluem apoiantes de Paulo Rangel, como Carlos Silva na Amadora, Sandra Pereira em Odivelas ou Alexandre Poço por Oeiras, sendo que este é líder da JSD, pelo que é apenas um reforço essa indicação. 

As estruturas distritais começaram hoje a reunir com a direção nacional do PSD, mas não haverá para já qualquer indicação oficial dos nomes que vão para as listas de candidatos a deputados. Estes encontros decorrem hoje em Lisboa, estando agendadas 10 reuniões entre as distritais e um comité composto pelo secretário-geral, José Silvano, e o vice-presidente do partido Salvador Malheiro e Paulo Mota Pinto, presidente da mesa do congresso. As restantes estruturas  serão recebidas sábado no Porto, mas as listas só devem ser conhecidas mais tarde. Primeiro, têm de ser aprovadas na comissão política nacional, o que deve acontecer apenas na próxima semana, antes do conselho nacional para aprovar as listas, marcado para dia 7.

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados