Morreu um "bandido" que gostava de poesia e ópera: Paul Sorvino 1939-2022

CNN Portugal , MJC
25 jul, 19:48
O ator Paul Sorvino (1939-2022) (Getty Images)

O ator de 83 anos ficou conhecido pelas suas participações no filme “Goodfellas - Tudo Bons Rapazes” e na série "Lei & Ordem"

Paul Sorvino, ator que se tornou conhecido como Paulie Cicero no filme “Goodfellas - Tudo Bons Rapazes” e o sargento da polícia de Nova Iorque Phil Cerretta na série "Lei & Ordem", morreu esta segunda-feira com 83 anos.

Segundo o seu agente, Roger Neal, o ator morreu esta manhã, em Indiana, de causas naturais. 

Nascido no Brooklyn, em 1939, filho de uma professora de piano e de capataz de uma fábrica de vestuário, Sorvino tinha uma inclinação por música desde miúdo mas frequentou a American Musical and Dramatic Academy em Nova Iorque, onde se apaixonou pelo teatro. Estreou-se na Broadway em 1964 em "Bajour" e no cinema em "Where's Poppa?" de Carl Reiner, em 1970.

Nos mais de 50 anos de carreira, Sorvino foi um dos rostos mais populares do cinema e da televisão, interpretando um comunista ítalo-americano em “Reds” de Warren Beatty (1981), Henry Kissinger em “Nixon” de Oliver Stone (1995) e o chefe da máfia Eddie Valentine em “As Aventuras de Rocketeer” (1991). Mas Paul Sorvino costuma dizer que, embora fosse mais conhecido por interpretar bandidos, as suas verdadeiras paixões eram a poesia, a pintura e a ópera.

Nascido no Brooklyn, em 1939, filho de uma professora de piano e de um capataz de uma fábrica de vestuário, Sorvino tinha uma inclinação por música desde miúdo mas frequentou a American Musical and Dramatic Academy em Nova Iorque, onde se apaixonou pelo teatro. Estreou-se na Broadway em 1964 em "Bajour" e no cinema em "Where's Poppa?" de Carl Reiner, em 1970.

Nos mais de 50 anos de carreira, Sorvino foi um dos rostos mais populares do cinema e da televisão, interpretando um comunista ítalo-americano em “Reds” de Warren Beatty (1981), Henry Kissinger em “Nixon” de Oliver Stone (1995) e o chefe da máfia Eddie Valentine em “As Aventuras de Rocketeer” (1991). Mas Paul Sorvino costuma dizer que, embora fosse mais conhecido por interpretar bandidos, as suas verdadeiras paixões eram a poesia, a pintura e a ópera.

“Estou completamente devastada. Morreu o amor da minha vida e o melhor homem que alguma vez existiu", comentou a sua esposa, Dee Dee Sorvino. Paul Sorvino teve dois filhos, também atores: Mira Sorvino e Michael Sorvino.

 

 

Artes

Mais Artes

Patrocinados