Parlamento Europeu alvo de ataque informático reivindicado por russos. Metsola responde "Glória à Ucrânia"

23 nov, 16:48

Ataque ocorre no mesmo dia em que os eurodeputados aprovaram uma resolução em que reconhecem a Rússia como um Estado patrocinador de terrorismo, na sequência da guerra na Ucrânia

O website do Parlamento Europeu foi alvo de um ataque informático na tarde desta quarta-feira, confirmou fonte oficial da instituição. 

O porta-voz do Parlamento Europeu, Jaume Duch, confirmou através do Twitter que existem problemas relacionados com o site, referindo que "a disponibilidade do site do Parlamento Europeu está atualmente afetada por elevados níveis de tráfego de rede externa", acrescentando depois que isso se deve a um ataque informático.

Já a presidente do Parlamento Europeu, Roberta Metsola, disse que um grupo pró-Kremlin já confirmou estar por trás de um "ciberataque sofisticado". Nessa mesma publicação, a responsável europeia deu a sua "resposta": "Glória à Ucrânia".

O Parlamento Europeu aprovou esta quarta-feira uma resolução que reconhece a Rússia como um Estado patrocinador de terrorismo, com 494 votos a favor, 58 contra e 44 abstenções.

Ao final da tarde, o site já funcionava normalmente, depois de ter ficado inacessível por cerca de três horas, período no qual os técnicos da instituição estiveram a trabalhar para resolver o incidente, segundo fontes europeias.

Europa

Mais Europa

Patrocinados