Covid-19: perto de 4,5 milhões de pessoas já tomaram a dose de reforço

Agência Lusa , JGR
26 jan, 08:47
Vacinação contra a covid-19

O relatório diário da DGS indica que 4.483.244 pessoas já foram vacinadas com o reforço da imunização contra o coronavírus SARS-CoV-2, entre as quais 607.715 idosos com 80 ou mais anos, que representam 92% deste grupo etário

Quase 4,5 milhões de pessoas já receberam a dose de reforço da vacina contra a covid-19, cerca de 70 mil das quais na segunda-feira, anunciou terça-feira a Direção-Geral da Saúde (DGS).

O relatório diário da DGS indica que 4.483.244 pessoas já foram vacinadas com o reforço da imunização contra o coronavírus SARS-CoV-2, entre as quais 607.715 idosos com 80 ou mais anos, que representam 92% deste grupo etário.

Segundo os dados da DGS, a dose de reforço foi também administrada a 906.956 idosos da faixa entre os 70 e 79 anos (94%), assim como a 1.092.132 pessoas entre os 60 e os 69 anos (87%).

A percentagem de vacinação por grupos etários baixa para os 69% nas pessoas entre os 50 e os 59 anos, com 974.759 vacinadas com o reforço, refere o relatório, que avança ainda que 8.779.622 pessoas têm a vacinação primária completa.

2,5 milhões recebem vacina da gripe

No caso da gripe sazonal, a DGS adianta que receberam a vacina 2.544.899 pessoas, 2.949 das quais na segunda-feira.

 A covid-19 provocou 5.602.767 mortes em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 19.661 pessoas e foram contabilizados 2.312.240 casos de infeção, segundo a última atualização da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China.

A nova variante Ómicron, classificada como preocupante e muito contagiosa pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral e, desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta em novembro, tornou-se dominante em vários países, incluindo em Portugal.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados