Covid-19: Israel tem três milhões de infetados com a Ómicron, quase um terço da população

Agência Lusa , JGR
24 jan, 16:59
Eleições de 23 de março de 2021 em Israel, em pleno covid-19 (AP)

Nesta onda devido à variante Ómicron, 983.000 israelitas testaram positivo para covid-19 só em janeiro

Israel lidera esta semana as infeções 'per capita' no mundo na atual onda provocada pela variante Ómicron do novo coronavírus, com cerca de três milhões de contágios, disseram esta segunda-feira as autoridades israelitas.

Num país com quase 9,5 milhões de habitantes, estes três milhões de infeções significam que quase um terço da população foi infetada pelo vírus nesta quinta onda causada pela Ómicron, que chegou ao país no final de novembro, segundo dados do Ministério da Saúde israelita.

“Isso coloca Israel no primeiro lugar no mundo esta semana em termos de infeções”, disse Eran Segal, professor do Instituto Weizmann de Ciência e consultor do Governo israelita no combate à pandemia.

No entanto, Segal, que concebeu o modelo de previsão da pandemia de covid-19 usado em Israel, previu que a atual quinta onda está a atingir o seu pico e diminuirá em breve, provavelmente ainda esta semana.

Nesta onda devido à variante Ómicron, 983.000 israelitas testaram positivo para covid-19 só em janeiro, mais de 10% dos habitantes do país. Nas últimas 24 horas, Israel detetou 67.198 novos casos, depois de ter atingido o recorde de infeções diárias na semana passada, com quase 71.600 contágios.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados