Mais de 5.600 voos cancelados em todo o mundo devido à Ómicron

Agência Lusa , DCT
25 dez 2021, 17:02
Avião
Avião

Para amanhã estão programados cerca de 800 cancelamentos

PUB

Mais de 5.600 voos foram cancelados pelas companhias aéreas de todo o mundo, no fim de semana de Natal, face à propagação da nova variante do vírus SARS-CoV-2, a Ómicron, segundo dados do ‘site’ FlighAware.

Só este sábado, até às 13:40 (hora de Lisboa), registavam-se quase 2.500 cancelamentos de voos, 850 dos quais com origem ou destino nos EUA.

PUB

Por outro lado, cerca de 3.500 voos registavam atrasos em todo o mundo.

Já para domingo estão programados cerca de 800 cancelamentos.

Na sexta-feira, os dados do FlighAware revelavam 2.400 cancelamentos e quase 11.000 voos com atrasos.

Pilotos, comissários de bordo e outros profissionais tiveram que ser colocados em quarentena, após terem estado expostos à covid-19, levando companhias como a Lufthansa, Delta e a United Airlines a cancelar voos.

A United Airlines teve de cancelar 439 voos entre sexta e sábado, 10% dos que estavam programados.

O pico de infetados com a Ómicron em todo o país, durante esta semana, teve um impacto direto nas nossas tripulações”, apontou a United Airlines, citada pela Agência France Presse (AFP).

PUB
PUB
PUB

A Delta Airlines, por sua vez, cancelou 170 voos na sexta-feira e 280 este sábado.

Pelo menos, uma dezena de voos da Alaska Airlines também foram cancelados, após os funcionários terem estado “potencialmente expostos ao vírus”.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados