Há mais 56 mortos e 54.693 infetados por covid-19 nas últimas 24 horas

2 fev, 14:48
Pandemia de covid-19

Portugal ultrapassa assim os 20 mil mortos por covid: são precisamente 20.024

O boletim diário da Direção-Geral de Saúde indica que, nas últimas 24 horas, foram registados 54.693  novos casos de covid-19 e mais 56 mortos.

Desde terça-feira, foram registados 20.648 novos casos ativos e mais 33.989 pessoas foram dadas como recuperadas da doença.

O número de pessoas internadas em enfermaria subiu para 2.442 (mais 5), mas o número de doentes em Unidades de Cuidados Intensivos baixou para 149 (menos 6).

 A incidência de infeções com o coronavírus SARS-CoV-2 em Portugal aumentou para 7.081,7 casos por 100 mil habitantes e o índice de transmissibilidade (Rt) voltou a diminuir, para 1,09, anunciou hoje a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Segundo o boletim diário sobre a evolução da pandemia de covid-19 em Portugal, a taxa de incidência a nível nacional passou de 6.836,6 casos de infeção por 100 mil habitantes a 14 dias na segunda-feira para 7.081,7.

Considerando apenas Portugal continental, este indicador registou também um aumento de 6.848,7 casos por 100 mil habitantes para 7.111,8.

O Rt - que estima o número de casos secundários de infeção resultantes de cada pessoa portadora do vírus - desceu de 1,13 a nível nacional na segunda-feira para 1,09, o mesmo acontecendo considerando apenas Portugal continental, onde baixou de 1,14 para 1,10.

A covid-19 provocou pelo menos 5.686.108 de mortes em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 20.024 pessoas e foram contabilizados 2.745.383 casos de infeção, segundo a última atualização da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China.

A variante Ómicron, que se dissemina e sofre mutações rapidamente, tornou-se dominante do mundo desde que foi detetada pela primeira vez, em novembro, na África do Sul.

 

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados