Há mais de 30 mil pessoas confinadas em La Palma devido ao dióxido de enxofre do vulcão

13 dez 2021, 22:52
Continua atividade vulcânica em La Palma, Canárias

Qualidade do ar está "extremamente desfavorável devido ao dióxido de enxofre" do vulcão em erupção há quase três meses

Há mais de 30 mil pessoas confinadas em Las Palmas devido às emissões de dióxido de enxofre do vulcão La Palma, nas ilhas Canárias.

A Direção-Geral de Segurança e Emergência do Governo das Ilhas Canárias decretou esta segunda-feira o confinamento da população em Los Llanos de Aridane, El Paso e Tazacorte, onde vivem cerca de 33 mil pessoas, devido à qualidade do ar, segundo avança o jornal El País.

De acordo com as autoridades de saúde, a qualidade do ar piorou devido à superação do limiar de dióxido de enxofre proveniente do vulcão La Palma, em erupção desde 19 de setembro de 2021.

Cerca de 40% da população de La Palma reside naquelas três localidades. As autoridades de saúde impuseram também que até às 13:00 locais, os alunos permanecessem nas escolas.

Os cientistas alertaram ao longo desta segunda-feira para um “intenso processo de desgaseificação” que está a ser registado. Esse fenómeno natural – aliado aos ventos vindos de norte - provocou uma nuvem de gases sobre aquela área.

No início desta manhã, o governo das Ilhas Canárias relatou mesmo que terá sido ultrapassado o nível de 750 microgramas por metro quadrado de dióxido de enxofre em El Paso.

“Mantenha as portas, janelas e persianas fechadas e tente impedir qualquer entrada de ar do exterior. Limite-se, se possível, aos quartos mais interiores” da casa, aconselha o governo regional.

🔴AVISO🔴Debido a los niveles de Dióxido de azufre, la actividad exterior en centros educativos de Los Llanos, El Paso y Tazacorte se ha trasladado al interior de los mismos, que permanecerán con puertas y ventanas cerradas hasta que la situación mejore #infovolcan
📷 Freepik pic.twitter.com/uWcT1CPJlh

— Educación Gobcan (@EducacionCan) December 13, 2021

Europa

Mais Europa

Patrocinados