César Peixoto: «A almejada vitória pode ultrapassar todo este cenário»

7 out, 15:31
César Peixoto no Santa Clara-Paços de Ferreira

O treinador admitiu momento delicado do Paços de Ferreira, mas mostrou-se confiante de que a equipa poderá inverter o ciclo negativo

César Peixoto defendeu que uma vitória na receção ao V. Guimarães poderá transformar a campanha do Paços de Ferreira na Liga.

O técnico admitiu o momento delicado dos pacenses no campeonato, ainda sem vitórias e com apenas dois pontos, sem deixar de acreditar na transformação da equipa.

«Semanas complicadas têm sido todas e os primeiros dias desta semana foram de frustração, porque [os jogadores] sentiram que um pormenor individual nos tirou a vitória. O nosso trabalho tem sido descomplicar, sempre com perspetiva de estarmos fortes no próximo jogo, mas acredito que a almejada vitória pode ultrapassar todo este cenário», referiu, em conferência de imprensa.

O treinador admitiu que «não é o momento de a equipa jogar um futebol fantástico», mas reiterou fé nos jogadores e no coletivo, por «sentir a equipa mais competitiva e unida e mais perto vencer».

«A equipa está mais compacta, mais coesa, está a crescer e a acusar essas dores de crescimento. Apesar da pressão e dos resultados não estarem a acontecer, nunca foi por falta de trabalho. Temos de estar o mais focados possível e, emocionalmente, tentar passar confiança. Marcar primeiro é fundamental, porque quando sofre vai um pouco abaixo», insistiu. 

Sobre o Vitória, César Peixoto deu conta de uma «equipa forte e mais confiante, com boas dinâmicas», que «vai tentar pressionar alto» e, certamente, criar «imensas dificuldades».

«Os adeptos têm toda a razão de andarem chateados, mas o momento não é bom e eles são muito importantes. É pedir-lhes que venham, que apoiem, e, depois do jogo terminar, tirem as ilações», concluiu.

Gaitán e Ibrahim estão em dúvida para o jogo deste sábado (20h30) enquanto  Luiz Carlos, Holsgrove, Jordi e Pedro Ganchas são ausências por lesão. 

Relacionados

Patrocinados