Covid-19 tira Scaloni e Aimar da concentração da seleção argentina

26 jan, 19:23
Pablo Aimar e Lionel Scaloni

Selecionador continua a testar positivo, apesar de ter cumprido o isolamento «há vários dias», ao passo que o adjunto, antigo jogador do Benfica, teve um contacto de risco

Soam os alarmes na seleção argentina: Lionel Scaloni e Pablo Aimar não vão fazer parte da comitiva da «albiceleste» que vai viajar para o Chile, devido à covid-19.

O selecionador argentino esteve em isolamento «há vários dias», mas continua a testar positivo, pelo que não poderá entrar em território chileno, como o próprio revelou em conferência de imprensa.

Já Pablo Aimar, adjunto de Scaloni, está em isolamento há alguns dias em casa, por ter tido um contacto de risco – a imprensa argentina noticia que os filhos do antigo jogador do Benfica estão positivos.

A dupla já não integra a comitiva da seleção argentina que vai viajar para o Chile, onde na madrugada de sexta-feira, à 00h15 (hora de Portugal Continental), defronta a equipa local, em jogo da qualificação sul-americana para o Mundial 2022.

Refira-se que Nico Otamendi, defesa do Benfica, é um dos eleitos de Scaloni para este duplo compromisso.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados