PSP confirma chamada para «desordem» na casa de futebolistas em Ovar

5 jan, 13:32
Polícia. Foto: AP
Polícia. Foto: AP

Atletas foram ameaçados com armas brancas

PUB

A PSP confirmou que foi chamada na madrugada de segunda-feira para uma «desordem» que envolveu armas brancas, numa residência em Ovar onde viviam jogadores da Ovarense, alvos de uma tentativa de «intimidação organizada».

Em comunicado, a força policial refere que os quatro futebolistas de nacionalidade estrangeira se encontravam no interior da casa e foram confrontados por um grupo composto por oito homens, que arrombaram a porta principal e proferiram ameaças, chegando mesmo a exibir armas brancas.

PUB

De acordo com a PSP, três das vítimas escaparam pela porta das traseiras, enquanto a quarta refugiou-se num dos quartos.

«Os suspeitos, que, entretanto, se colocaram em fuga, danificaram a porta e um vidro de uma janela da referida residência. Não se verificaram ferimentos em qualquer um dos lesados», refere a nota da Polícia, que indica ter sido apresentada queixa por parte dos futebolistas.

A investigação decorre na Esquadra Policial de Ovar.

Note-se que este caso foi relatado pela Brasil Soccer Academy, uma empresa de agenciamento de jogadores, que denunciou que alguns dos atletas que representa foram alvo de tentativa de homicídio.

PUB
PUB
PUB

A agência refere que alguns dos criminosos são presença habitual nos jogos da Ovarense. O clube também já repudiou estes atos.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Patrocinados