Com apenas um detetor de metais, homem descobre pepita de ouro no valor de 240 mil euros

CNN Portugal , MCP
29 mar 2023, 17:33
ouro (Darren Kant)

Mineiros acreditam que pode estar a chegar uma nova "corrida ao ouro"

Está aberta uma nova corrida ao ouro. 170 anos após a Corrida de Ouro Vitoriana, na Austrália, um mineiro encontrou uma pepita no valor de 240 mil euros, no “triângulo dourado” do estado de Vitoria, entre Bendigo, Ballarat e St Arnaud. 

Quando chegou à loja de prospeção de Darren Kamp, em Geelong, a sua primeira aposta seria de que o valor da pedra encontrada rondaria os 10 mil euros. Mas estava enganado. Ao sentir o peso daquela rocha, Darren conta ao Guardian que lhe respondeu: “experimente 100 mil”.

“Mas ele disse: 'isso é apenas metade da rocha, a outra metade está em casa'”, relata o dono da loja.

Assim que teve oportunidade de avaliar o total da descoberta, de mais de quatro quilos, Darren Kamp percebeu que, afinal, o valor chegaria aos 240 mil. A pedra continha, aproximadamente, 2,6 quilogramas de ouro.


“Faço prospeção há 43 anos e nunca vi um exemplar com esta quantidade de ouro”, afirmou o profissional. “Talvez na década de 1850 alguns tenham sido encontrados, mas na atualidade é muito raro”, acrescenta.

O feito é incrível, mas também de muita sorte. É que, ao contrário de vários profissionais que vasculham minas em busca de ouro, o premiado recorreu a uma máquina detetora de 1.200 euros, que é a fasquia mais baixa de preços deste tipo de aparelhos. Darren Kamp acredita que, caso a pedra estivesse um pouco mais abaixo do solo, apenas um detetor mais caro teria a capacidade de encontrar o ouro.

O homem acabou por comprar a pepita de ouro e chamou-a de “Lucky Strike”.

O presidente da Associação de Garimpeiros e Mineiros de Victoria (Pmav), Lynnie Hindle, referiu que “se uma grande pepita é encontrada, acaba por suscitar uma grande corrida ao ouro”.

Mundo

Mais Mundo

Mais Lidas

Patrocinados