Não é só beber água e ficar ao fresco. Isto é o que deve fazer para se proteger do calor

CNN Portugal , MJC
9 jul, 12:20
Praia (Lusa/Nuno Veiga)

Para este fim de semana, o IPMA prevê temperaturas acima dos 40º em várias regiões do país

As temperaturas vão continuar elevadas nos próximos dias, podendo as temperaturas máximas atingir os 42°C em algumas zonas do país.

Para se proteger dos efeitos negativos do calor intenso é importante que as pessoas se mantenham hidratadas e frescas. Estes são os conselhos da Direção-Geral de Saúde:

  • Procurar ambientes frescos e arejados ou climatizados; 
  • Aumentar a ingestão de água ou de sumos de fruta natural sem açúcar e evitar o consumo de bebidas alcoólicas;  
  • Evitar a exposição direta ao sol, principalmente entre as 11 e as 17 horas;
  • Utilizar protetor solar com fator igual ou superior a 30 e renovar a sua aplicação de 2 em 2 horas e após os banhos na praia ou piscina; 
  • Utilizar roupa solta, opaca e que cubra a maior parte do corpo, chapéu de abas largas e óculos de sol com proteção ultravioleta; 
  • Evitar atividades que exijam grandes esforços físicos, nomeadamente desportivas e de lazer no exterior; 
  • Escolher as horas de menor calor para viajar de carro. Não permanecer dentro de viaturas estacionadas e expostas ao sol;  
  • Dar atenção especial a grupos mais vulneráveis ao calor, tais como crianças, idosos, doentes crónicos, grávidas, pessoas com mobilidade reduzida, trabalhadores com atividade no exterior, praticantes de atividade física e pessoas isoladas.

Veja também o vídeo com os conselhos dos correspondentes médicos da CNN: "Desidratação e golpes de calor. Esteja atento a estes sinais nos próximos dias"

Relacionados

Meteorologia

Mais Meteorologia

Patrocinados