Mais um empresário russo encontrado morto em circunstâncias misteriosas: desta vez afogou-se

CNN , Uliana Pavlova
14 set, 14:57
Ivan Pechorin

O empresário russo Ivan Pechorin, o principal responsável pela Corporação para o Desenvolvimento do Extremo Oriente e do Ártico, foi encontrado morto em Vladivostok, naquela que é a última de uma série de mortes misteriosas entre executivos russos.

“Em 12 de setembro de 2022, soube-se da trágica morte do nosso colega, Ivan Pechorin, diretor administrativo da indústria de aviação da Corporação para o Desenvolvimento do Extremo Oriente e do Ártico”, diz um comunicado da empresa publicado esta segunda-feira.

“A morte de Ivan é uma perda irreparável para amigos e colegas, uma grande perda para a corporação. Oferecemos as nossas sinceras condolências à família e amigos”, pode ler-se ainda.

De acordo com a agência estatal russa RIA Novosti, a administração de Vladivostok disse que um corpo foi encontrado perto da vila de Beregovoy. Pechorin afogou-se no sábado, perto do Cabo Ignatyev em Vladivostok, segundo a imprensa regional.

Pechorin é pelo menos o nono empresário russo de destaque a morrer por suicídio ou em acidente inexplicável ​​desde o final de janeiro, com seis deles associados às duas maiores empresas de energia da Rússia. Quatro destas seis estavam ligadas à gigante estatal Gazprom ou a uma de suas subsidiárias, enquanto as outras duas estavam associadas à Lukoil, a maior empresa privada de petróleo e gás do país.

No início deste ano, a empresa assumiu a incomum postura pública de se manifestar contra a guerra da Rússia na Ucrânia, pedindo simpatia pelas vítimas e pelo fim do conflito.

O presidente da Lukoil, Ravil Maganov, morreu no início de setembro depois de cair da janela de um hospital em Moscovo, segundo a agência de notícias estatal russa TASS.

Relacionados

Europa

Mais Europa

Patrocinados