Chanceler alemão manifesta apoio a Costa: "Lideraste Portugal de mão firme"

Agência Lusa , RL
26 jan, 00:36
Chanceler alemão, Olaf Scholz

Olaf Scholtz caracteriza o secretário-geral socialista como um “solidário e incansável defensor da justiça social” que liderou Portugal “com uma bússola moral transparente”

O chanceler alemão manifestou na terça-feira o seu apoio a António Costa nas próximas eleições legislativas, caracterizando o secretário-geral socialista como um “solidário e incansável defensor da justiça social” que liderou Portugal “com uma bússola moral transparente”.

Num vídeo divulgado num comício do PS em Aveiro, Olaf Scholtz – cujo partido, SPD, pertence à mesma família política europeia que o PS, a Aliança Progressista dos Socialistas e Democratas (S&D) – frisou que partilha “a mesma convicção” que António Costa.

“Nós, como social-democratas e socialistas, temos as respostas certas para os desafios dos nossos tempos. Respostas progressistas que põem as pessoas no centro da nossa ação”, salientou.

Na mensagem, Scholtz, que foi nomeado chanceler alemão em dezembro, frisou que pôs o “respeito por todos” na sociedade “no cerne” da sua campanha para as eleições legislativas de setembro de 2021, que ganhou com 25,7% dos votos.

“Eu sei que tu, como solidário e incansável defensor da justiça social, lideraste Portugal de mão firme, com uma bússola moral transparente, perante os desafios dos últimos anos. Não tenho dúvidas que assim continuará. Contigo, caro António, Portugal continuará a avançar”, frisou.

Repetindo em inglês o 'slogan' da campanha socialista - "juntos seguimos e conseguimos" -, Scholz desejou "boa sorte" ao atual primeiro-ministro.

Discursando logo a seguir à mensagem de Scholtz ter sido divulgada, António Costa relembrou que, quando tomou posse em 2015, era “dos poucos socialistas sentados à volta da mesa” do Conselho Europeu.

“Mas é com muita satisfação que vejo, seis anos depois, que podemos ter aqui em Aveiro, através do vídeo, o nosso camarada Olaf Scholtz, que é hoje chanceler da Alemanha, que se senta ao meu lado no Conselho, e que hoje faz o combate para que a Europa continue a ser uma Europa cada vez mais solidária”, referiu.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados