Primeiro dia de NOS Alive arranca com cancelamentos na agenda

6 jul, 19:04

Sete palcos, 165 concertos e mais de 200 mil pessoas esperadas nos quatro dias de festival

Tom Misch, Clairo e Glass Animals são três das bandas que tiveram de cancelar os seus concertos no festival NOS Alive, que arrancou esta quarta-feira no Passeio Marítimo de Algés.

Os anúncios foram feitos pelo próprio festival que adiantou que, no caso de Clairo, o cancelamento se deveu a constrangimentos no aeroporto de Milão e que, por isso, o concerto de Modest Mouse terá início às 20:00 e não à 1:00.

"Os Modest Mouse alteram o horário de atuação para as 20:00 no Palco Heineken. Infelizmente, devido aos cancelamentos de voos de Milão, Clairo não estará presente no NOS Alive'22. Agradecemos à TAP Portugal o esforço de recolocação dos voos, mas o horário não era possível para fazer acontecer a atuação", lê-se no comunicado.

Por sua vez, Tom Misch cancelou o concerto de sexta-feira por "motivos de saúde" e vai ser substituído por Nicki Nicole.

Já Glass Animals informaram que não iam marcar presença no festival porque o Dave Bayley está com problemas nas cordas vocais. A banda foi substituída por Bateu Mou.

Até sábado, o NOS Alive acolherá, entre outros, Strokes, Stromae, Metallica, Da Weasel, Dino D’Santiago, Florence + The Machine, Imagine Dragons, Manel Cruz, Phoebe Bridgers, St. Vincent, Two Door Cinema Club, DJ Vibe e Três Tristes Tigres.

Em relação a edições anteriores, não há alterações substanciais no recinto do festival, na disposição dos sete espaços, e das zonas de restauração, exceto numa maior dispersão de pontos de acesso às casas de banho.

Música

Mais Música

Patrocinados