Nicholas viu uma casa a arder, parou, entrou e salvou a vida de cinco crianças. A polícia divulgou o vídeo do herói de Lafayette

CNN , Claudia Dominguez
21 jul, 09:00
Um homem, ao passar por uma casa em chamas no Indiana nos EUA, parou para resgatar 5 crianças no interior

Um norte-americano do estado do Indiana está a ser aclamado como herói pela polícia local depois de entrar numa casa em chamas na semana passada e salvar as vidas de várias crianças presas dentro do edifício a arder.

Nicholas Bostic, de 25 anos, estava a conduzir em Lafayette, Indiana, pouco depois da meia-noite de 11 de julho, quando viu uma casa a arder, de acordo com um comunicado do Departamento de Polícia de Lafayette, e encostou à entrada da casa.

De acordo com o comunicado de imprensa, Bostic conseguiu entrar por uma porta dos fundos que estava aberta e começou a verificar se havia alguém na casa. Ao subir as escadas, encontrou quatro crianças - com idades compreendidas entre um e 18 anos - a dormir e acordou-as, ajudando-as a fugir do lar.

Assim que Bostic conseguiu tirar as crianças para fora da casa, percebeu que uma quinta criança, uma menina de seis anos, ainda estava lá dentro. Quando voltou a entrar, procurou a criança e, quando ouviu o choro, acabou por localizá-la, confirmou a polícia.

Bostic não foi capaz de encontrar uma saída no andar principal porque as chamas se intensificavam, disse a polícia, e os dois viram-se forçados a saltar de uma janela do segundo andar para um local em segurança. Bostic teve de partir a janela com a mão para a conseguir abrir, segundo o comunicado.

“Tentei encontrar a porta traseira, mas não consegui encontrá-la e não queria perder-me demasiado”, contou Bostic à afiliada da CNN WLFI.

A polícia diz que Nicholas Bostic resgatou 5 crianças de uma casa a arder.

O Departamento de Polícia de Lafayette publicou um vídeo dramático nas redes sociais mostrando o momento em que os bombeiros chegam à casa, e se vê depois Bostic a sair da casa em chamas com a rapariga nos braços. Ao aproximar-se da equipa do departamento dos bombeiros, entrega-lhes a rapariga e senta-se no chão.

 

“A bebé está bem? Por favor, diga-me que a bebé está bem”, pergunta Bostic enquanto está a ser tratado. Um agente da polícia confirma e diz-lhe: “Fizeste um bom trabalho, amigo.”

Segundo as autoridades, Bostic ficou gravemente ferido durante o salvamento, sofrendo de inalação de fumo e cortes profundos no seu braço direito. A rapariga “ficou praticamente ilesa, por milagre”, de acordo com o comunicado.

Bostic explicou à WLFI que, possivelmente, tem um tendão cortado no seu braço. “O fundo das minhas mãos está com bolhas como se eu tivesse agarrado algo muito quente. Lembro-me de ver chamas através da janela enquanto a esmurrava”, disse ele.

Um porta-voz da Polícia de Lafayette disse à CNN que a família está a recuperar bem e que já se encontraram com Bostic em casa de um amigo e na igreja. Os pais tinham saído naquela noite e o jovem de 18 anos estava com as crianças, afirmou a polícia.

“As ações heroicas de Nicholas Bostic salvaram vidas”, disse a Polícia de Lafayette no comunicado. “O seu altruísmo durante este incidente é inspirador, e impressionou muitos com a sua coragem, tenacidade e firmeza face a uma situação tão perigosa.”

Um GoFundMe foi criado pela família de Bostic para o ajudar com as suas despesas médicas.

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados