Pais processam o filho: ou lhes dá um neto, ou terá de pagar 620 mil euros

13 mai, 16:12
Sanjeev e Sadhana Prasad (Twitter)

Um casal indiano pede de volta todo o dinheiro que alega ter gastado com o filho, caso não tenha um neto dentro de um ano

Sanjeev e Sadhana Prasad, um casal indiano de 61 e 57 anos, processaram o filho Shrey Sagar, de 35 anos, e a nora Shubhangi Sinha, de 31 anos,  por estarem casados há seis anos e ainda não lhes terem dado um neto, conta a BBC News.

No processo, de acordo com a advogada, AK Srivastava, alegam assédio e crueldade mental e pedem uma compensação de cerca de 620 mil euros caso não tenham um neto dentro de um ano.

De acordo com o que conta o Times of India, a compensação seria justificada por todo o dinheiro que os pais gastaram com Shrey até ao momento, nomeadamente num curso de piloto nos Estados Unidos, no valor de 65 mil euros, um carro no valor de 80 mil euros, um casamento luxuoso num hotel cinco estrelas, uma lua de mel no estrangeiro e apoio financeiro quando o filho esteve desempregado.

Assim, os pais pedem de volta todo o dinheiro que alegam ter gastado com o filho ao longo de 35 anos.

Uma alegria durante a reforma 

Os pais, Sanjeev e Sadhana, afirmam que o casamento do filho e da nora foi arranjado por eles, em 2016, sendo a possibilidade de ter um neto a principal razão para o terem feito.

O casal de reformados revela que esperava ter "um neto com quem brincar", agora que não ocupam os seus dias a trabalhar: "Se ao menos tivéssemos um neto com quem brincar, a nossa dor seria mais suportável".

Em declarações ao The National, a advogada afirmou: "É um sonho de qualquer pai tornar-se avô. Eles estão há anos à espera de ser avós."

O filho e a nora não comentaram a situação.

O caso irá a tribunal no dia 17 de maio.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados