Encontradas as caixas negras do avião que caiu no Nepal

CNN Portugal , AM com Lusa - notícia atualizada às 9:42
16 jan, 06:12

As causas do acidente ainda não foram determinadas

As autoridades do Nepal encontraram esta segunda-feira, dia de luto no país, as caixas negras do avião que caiu no domingo, avança a Reuters, que cita fonte oficial do aeroporto de Kathmandu.

Segundo a mesma fonte, tanto a caixa negra do cockpit como a caixa negra que grava os dados de voo foram encontrados e estão em bom estado.

"Estão em boas condições. Parecem bem por fora", afirmou Teknath Sitaula.

Sitaula adiantou ainda que 68 corpos dos 72 passeiros foram retirados do local, sendo que 63 foram já enviados para o hospital local. À Reuters, fonte policial avançou que as nuvens no local estão a dificultar as operações de busca e resgate.

A bordo do avião, que fazia a ligação entre Kathmandu e Pokhara, seguiam 57 cidadãos nepaleses, cinco indianos, quatro russos, dois sul-coreanos, um argentino, um irlandês, um australiano e um francês.

As causas do acidente ainda não foram determinadas.

Uma testemunha, que filmou a aterragem do avião da varanda de casa, disse ter visto a aeronave voar baixo antes de virar repentinamente para a esquerda.

“Fiquei chocado”, disse Diwas Bohora, citado pela agência de notícias Associated Press.

A Autoridade de Aviação Civil do Nepal disse que a aeronave estabeleceu contacto com o aeroporto pela última vez perto do desfiladeiro de Seti, no centro do país, às 10:50 (05:05 em Lisboa) antes de cair.

O avião tinha saído da capital Katmandu com destino a Pokhara, por volta das 10:30 (04:45 em Lisboa), e caiu durante a manobra de aproximação ao aeroporto internacional de Pokhara, no vale do rio Seti.

Pokhara, localizada a 200 quilómetros a oeste de Katmandu, é a porta de entrada para o circuito de Annapurna, um trilho de caminhada popular nos Himalaias.

Ásia

Mais Ásia

Mais Lidas

Patrocinados