NBA: dono dos Suns suspenso por um ano e multado em quase dez milhões de euros

13 set, 18:15
Mikal Bridges e Chris Paul na vitória dos Phoenix Suns sobre os Golden State Warriors (AP)

Robert Saver foi punido por má conduta no local de trabalho

Robert Saver, dono dos Phoenix Suns e da equipa da WNBA, Phoenix Mercury, foi suspenso por um ano e multado em dez milhões de dólares (9,9 milhões de euros) pela NBA.

O organismo abriu uma investigação a Robert Sarver, tendo entrevistado mais de 320 pessoas e analisado mais 80 mil documentos, que incluíam e-mails, vídeos e mensagens.  Após a investigação, a NBA concluiu que o empresário violou «os padrões comuns do local de trabalho», ficando provado o uso de linguagem racista e obscena em contexto de trabalho, de tratamento desigual das funcionárias e de comentários sexuais sobre a sua aparência física. 

Além da multa pesada, Sarver não poderá estar presente em qualquer evento da NBA ou da WNBA nem em quaisquer instalções desportivas das equipas, está proibido de representar as equipas em eventos públicas e privados e de participar em operações das mesmas. 

Recorde-se que em 2021, Sarver foi acusado de racismo, assédio sexual e discriminação de género por funcionários e ex-funcionários da franquia. 

Relacionados

Patrocinados