Acidental, deliberado, simbólico? Erdogan em vez de Stoltenberg ao centro da NATO

28 jun, 20:47
Assinatura do acordo entre Turquia, Finlândia e Suécia para a entrada dos dois países nórdicos na NATO (AP)

Presidente turco protagonizou momento fotográfico no primeiro dia da cimeira da Aliança Atlântica em Madrid

Turquia, Suécia e Finlândia assinaram esta terça-feira um memorando de entendimento com vista à entrada dos dois países nórdicos na NATO.

Em declarações à imprensa, o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, referiu que foi possível responder a todos os problemas levantados pela Turquia. Para entrar na Aliança Atlântica, Suécia e Finlândia têm de fazer reformas constitucionais, acabar com as atividades do PKK e assinar um acordo de extradição com a Turquia, anunciou o líder da NATO.

No momento da celebração do memorando, houve um detalhe que captou as atenções: contrariamente ao habitual nestas ocasiões, a pessoa no centro da fotografia não é o secretário-geral da NATO, mas sim o presidente turco Recep Tayyip Erdogan.

Acidental, deliberado, simbólico? Apenas os próprios saberão.

Europa

Mais Europa

Patrocinados