Otávio Ataíde: «Jogar ao lado de um ídolo, o Pepe, é incrível»

13 jun, 19:54
Otávio Ataíde (twitter FC Porto)

O defesa do FC Porto recordou ainda a estreia na Liga dos Campeões

Otávio Ataíde, jogador do FC Porto, concedeu uma entrevista ao jornal brasileiro Globo Esporte, em que falou sobre os primeiros momentos no clube nortenho, depois de uma primeira aventura no Famalicão.

«Quando eu cheguei ao Famalicão o treinador pediu para eu descer e treinar nos sub-23. Eu não queria, mas desci. Joguei quatro jogos, tive oportunidade na equipa principal e de lá eu não saí mais. No começo desta temporada, estivemos muito bem, a nossa defesa era a melhor da I Liga e uma das melhores da Europa. Em dezembro começou a aparecer um monte de coisas no Twitter, notícias e essas coisas sobre o FC Porto. Eu achava bem difícil. Nem sempre essas coisas são verdade», começou por admitir.

No entanto, essa mudança acabou mesmo por acontecer. «Estava a realizar um sonho. Quando cheguei lá, tudo era diferente. Jogar ao lado de um ídolo, o Pepe, foi incrível. O Pepe abraçou-me e ajudou-me bastante em tudo. Ele chegava depois do treino e conversava comigo. Foi ajudando-me, acolheu-me mesmo. Para mim, não tem preço estar a jogar ao lado do Pepe», afirmou o defesa.

Otávio recordou ainda a estreia na Liga dos Campeões. «No começo, na hora do hino da Champions, estava nervoso e ansioso. Com frio na barriga. É uma competição com adversários que eu só via nos jogos de consolas. Quando começou o jogo [com o Arsenal] fiquei tranquilo, a equipa toda a passar confiança. Eu só desfrutei. O jogo foi incrível. No primeiro jogo, não poderia ter sido melhor para mim na minha estreia», disse, em referência ao jogo em que o FC Porto ganhou ao Arsenal por 1-0, no Estádio do Dragão. 

O defesa tem 22 anos. Parte para a segunda época no FC Porto, tendo custado 12 milhões de euros. 

Relacionados

Brasil

Mais Brasil

Mais Lidas

Patrocinados