Julie Andrews reúne elenco de “Música no Coração” quase seis décadas depois

CNN , Toyin Owoseje
11 jun, 15:15
Julie Andrews de Música no Coração

Atriz recebe prémio carreira e encontra-se com atores de um dos filmes mais memoráveis de uma geração.

Quase seis décadas após o lançamento do filme, as colinas de Hollywood ficaram vivas com "Música no Coração” na noite de quinta-feira, graças a uma reunião de proporções épicas.

A ícone Julie Andrews foi homenageada com o prémio “Live Achievement” do American Film Institute numa gala de homenagem em Los Angeles, e os atores que interpretaram as crianças von Trapp juntaram-se para celebrar a sua ilustre carreira.

E tal como no filme, Duane Chase (que interpretou Kurt), Kym Karath (Gretl), Angela Cartwright (Brigitta), Debbie Turner (Marta) e Nicholas Hammond (Friedrich) coordenaram os seus trajes de cor para o evento, todos escolhendo conjuntos a preto e branco.

Infelizmente, nem todos os membros da família do filme puderam estar presentes na grande noite do Andrews. Charmian Carr, que teve o papel de Liesl, morreu em 2016, e Heather Menzies, que interpretou Louisa, morreu no ano seguinte. Christopher Plummer, que interpretou o Capitão Georg von Trapp, morreu no ano passado.

Debbie Turner, Angela Cartwright, Duane Chase, Kym Karath, Heather Menzies, Julie Andrews, Nicholas Hammond e Charmian Carr em "Música no Coração".

Na foto no topo da página: Debbie Turner, Angela Cartwright, Julie Andrews, Nicholas Hammond, Kym Karath e Duane Chase.

Andrews conquistou milhões de corações com o seu desempenho como Maria, uma freira noviça combativa que se torna governanta de sete crianças von Trapp no filme musical de 1965, baseado numa história verdadeira. O filme, conhecido pelas suas pitorescas paisagens alpinas e pelos seus números musicais incitantes, continua a ser o favorito dos fãs 57 anos depois.

Numa recente entrevista com The Hollywood Reporter, Andrews, de 86 anos de idade, revelou que estava surpreendida com a força da resposta do público ao "Música No Coração ".

Para Julie Andrews, o filme "permaneceu na consciência das pessoas durante todo este tempo. Fez uma grande, grande incisão na psique das pessoas".

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Artes

Mais Artes

Patrocinados