Um grande casamento metaverso: este é o primeiro casal a fazê-lo

CNN , Oscar Holland
10 fev, 09:00
Os avatares do casal indiano que vai ter um casamento digital Fotografia TardiVerse

A covid-19 está a obrigar as famílias indianas a reduzir ou a cancelar os casamentos que tradicionalmente são grandes e um casal encontrou um espaço que não foi afetado pelas restrições: o metaverso.

Dinesh Sivakumar Padmavathi e Janaganandhini Ramaswamy são de Tamil Nadu, onde as festas de casamento estão agora limitadas a 100 pessoas. Convidaram 2 mil pessoas para o copo d’água, esta terça-feira, e, como "Potterheads" assumidos que são, ou seja, fãs do Harry Potter, escolheram uma festa sob o tema de Hogwarts à qual os convidados acederam através dos telemóveis, tablets ou portáteis.

“Devido à pandemia, não é possível fazermos um copo d’água presencial e real com este número de convidados”, disse Padmavathi, que adotou o nome Dinesh SP, ao telemóvel a partir de Chennai, a capital deste estado do sul. “Então, decidimos: vamos fazer a festa no metaverso", contou à CNN.

Com as restrições da covid-19 a limitarem o número de convidados em casamentos, Padmavathi e Janaganandhini decidiram fazer um copo d’água virtual. Foto: SP Dinesh

Metaverso é um termo usado para descrever os ambientes virtuais em 3D em que os utilizadores se podem juntar e interagir. O noivo, um entusiasta do blockchain e da criptomoeda, colaborou com a plataforma start-up TardiVerse para criar um espaço digital semelhante a um castelo inspirado em Hogwarts.

A cerimónia de casamento legal realizou-se perante os amigos próximos e familiares em Ramaswamy no distrito de Krishnagiri  em Tamil Nadu, a cerca de 270 km de Chennai. Depois o canal iniciou sessão para se juntar ao copo d’água, que custaram 150 mil rupias indianas (1750€) para criar, desenvolver e apresentar. No evento, com a duração de uma hora, os noivos viram virtualmente os convidados, que podiam explorar o castelo e personalizar o aspeto e a roupa dos seus avatares.

Os avatares do casal e um fundo inspirado em Hogwarts. O noivo Dinesh Sivakumar Padmavathi (à esquerda) disse que as personagens digitais do casal usarão roupas mais tradicionais no evento. Fotografia: TardiVerse

Além de poderem convidar pessoas que de outra forma não poderiam ir, o casal disse que a celebração digital tem outra vantagem única: envolver o falecido pai de Ramaswamy no processo.

“O meu sogro faleceu em abril”, disse Padmavathi. “Então, estou a criar um avatar em 3D parecido com ele e ele vai abençoar a nossa união. É algo que só é possível no metaverso.”

Um avatar do falecido pai da noiva, que faleceu em 2021, vai estar presente. Fotografia: TardiVerse

Existem relatos de outras festas de casamento metaversas, incluindo a de um casal americano que fez, ao mesmo tempo da cerimónia presencial, uma na plataforma digital Virbela. Embora a lei indiana requeira a presença de testemunhas nas cerimónias dos casamentos, Padmavathi acredita que o seu copo d’água no metaverso vai ser o primeiro do género a ser realizado no país.

Depois de convencer a noiva, que trabalha em tecnologias da informação, Padmavathi também teve autorização dos pais para o evento não convencional, disse.

“Desde criança que trabalho com robótica... e no último ano tenho trabalhado na tecnologia blockchain e na mineração de Ethereum”, disse, acrescentando: “Então, a minha família sabe que eu gosto de tecnologia.”

Relacionados

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados