Sampaoli critica Mundial no Qatar: «Estamos cada vez mais estúpidos»

8 nov, 20:01
Jorge Sampaoli

Treinador argentino considera que agora é tarde para criticar a FIFA e estende as suas criticas a toda a humanidade

Jorge Sampaoli, treinador argentino do Sevilha, manifestou-se muito critico quanto à realização do Campeonato do Mundo no Qatar, mas também considera que os críticos chegaram tarde e deviam ter tomado posição sobre o assunto há mais tempo, logo após a decisão da FIFA.

«Agora já ninguém se pode queixar. Se queriam reclamar, deviam-no ter feito muito antes. Jogar um Mundial num país árabe, em novembro, a meio da competição, agora já está. Todos aceitaram. A FIFA determinou que se jogue num lugar onde não se devia jogar, numa altura em que não se devia jogar. Tudo isto é por dinheiro, é tudo um negócio. Aceitámos o negócio, vamos em frente. Agora não vale a pena queixarem-se, deviam-no ter feito antes», atirou o carismático treinador.

 

O treinador argentino estendeu depois as suas criticas a toda a sociedade, considerando mesmo que «estamos a viver o pior momento da humanidade».

«Estamos perante uma sociedade de plástico, estamos no pior momento da humanidade a nível de história. Estamos cada vez mais tontos e estúpidos. Isso provoca que cada ação seja valorizada ou desvalorizada por qualquer coisa. O sistema chegou a um ponto de estupidez histórico. Hoje em dia a humanidade está muito complicada», acrescentou ainda.

Relacionados

Mundial 2022

Mais Mundial 2022

Patrocinados