Portugal soma segunda maior goleada de sempre em Mundiais

6 dez 2022, 23:08
Gonçalo Ramos bate Yann Sommer para o 3-0 no Portugal-Suíça

Vitória por 6-1 à Suíça só superada pelos 7-0 à Coreia do Norte em 2010

Portugal alcançou, esta terça-feira, no Estádio Lusail, ante a Suíça, a segunda maior goleada de sempre da sua história em Mundiais de futebol. A seleção nacional bateu os helvéticos por 6-1 nos oitavos de final.

Os golos de Gonçalo Ramos (17m, 51m e 67m), Pepe (33m), Raphael Guerreiro (55m) e Rafael Leão (90+2m), contra o de Manuel Akanji (58m), conferiram o segundo melhor resultado de sempre do conjunto luso na competição.

O 6-1 aos helvéticos apenas fica atrás nos registos lusos do triunfo por 7-0 ante a Coreia do Norte, em 2010, na fase de grupos da prova que decorreu na África do Sul.

 

Raul Meireles (29m), Simão (53m), Hugo Almeida (56m), Tiago (60m e 89m), Liedson (81m) e Cristiano Ronaldo (87m) foram os autores dos tentos que selaram a que é ainda a maior goleada de sempre de Portugal em Mundiais.

O resultado no Qatar salta para o segundo lugar da tabela, ultrapassando outra goleada lusa em Mundiais, o 4-0 à Polónia, na fase de grupos do Mundial 2002. Nesse jogo, Pauleta marcou três golos (14m, 65m e 77m) e Rui Costa um (88m).

Em campeonatos do Mundo, Portugal, que esta noite chegou aos 61 golos, naquela que é a sua oitava presença, não tem mais nenhuma vitória por mais de três golos de diferença.

Relacionados

Mundial 2022

Mais Mundial 2022

Patrocinados