Otto Addo deixa o Gana: «Era claro, mesmo que fossemos campeões do mundo»

2 dez 2022, 19:54
Otto Addo no Portugal-Gana

Treinador explicou que já tinha tomado a decisão ainda antes do início do Mundial 2022

Otto Addo, selecionador do Gana, anunciou que vai deixar o comando dos Black Stars, depois de confirmada o afastamento da seleção africana, última classificada do grupo de Portugal, do Mundial 2022.

«Era muito claro que deixaria o cargo após o Mundial2022, mesmo se fossemos campeões do mundo. O meu futuro é na Alemanha, onde eu vivo. Essa decisão já estava tomada antes da competição. Agradeço a todos esta oportunidade», destacou no final do jogo em que o Gana perdeu com o Uruguai (0-2).

O Gana somou apenas três pontos e ficou no último lugar do Grupo H, atrás de Portugal (6 pontos), Coreia do Sul (4) e Uruguai (4). «Estivemos perto da qualificação, mas o futebol é assim. Quisemos muito marcar, fizemos por isso, mas não conseguimos. O empate seria suficiente. Mas, falhámos», destacou ainda Otto Addo.

Relacionados

Patrocinados