Modric vai continuar na seleção: «Não faria sentido não jogar a Liga das Nações»

17 dez 2022, 19:17
Croácia venceu Marrocos e garantiu terceiro lugar no Mundial 2022 ( EPA/Georgi Licovski)

Croácia garantiu terceiro lugar no Mundial 2022 e pode continuar a contar com o seu capitão

Luka Modric, eleito o melhor jogador do mundo em 2018, anunciou este sábado que pretende continuar a representar a seleção da Croácia, pelo menos até à fase final da Liga das Nações.

«É esse o plano. Não faria sentido não jogar a Liga das Nações. Depois veremos, mas vou ficar para a Liga das Nações», comentou por destacar o médio croata no final do jogo em que a Croácia bateu Marrocos (2-1) e garantiu o terceiro lugar no Mundial do Qatar.

A Croácia, vencedora do Grupo 3 da Liga A, à frente de Dinamarca, França e Áustria, disputa a fase final da Liga das Nações em junho de 2023, com Espanha, que se superiorizou a Portugal, Países Baixos, que será o organizador, e Itália.

Modric, de 37 anos, admitiu ainda que o Mundial de 2026 é um objetivo bem mais distante, mas que, para já, pretende continuar a representar a seleção que, este sábado, conseguiu pela terceira vez subir ao pódio num campeonato do Mundo.

A Croácia já tinha sido vice-campeã em 2018 e em 1998 foi também terceira classificada.

«Conseguimos algo de importante para o futebol croata. Queríamos o ouro e estivemos próximos. No fim, regressamos à Croácia como vencedores. A Croácia não é um milagre que aparece a cada vinte anos, provámos que somos regulares. Não podemos ser vistos como uma surpresa, mas sim como uma potência do futebol», concluiu o jogador.

Relacionados

Patrocinados