Queiroz: «Por que não pergunta ao Southgate sobre o Afeganistão?»

24 nov 2022, 20:17
Carlos Queiroz

No final de uma conferência do Irão, o técnico português dirigiu-se a uma jornalista britânica

À saída da conferência de imprensa de antevisão ao jogo entre o Irão e o País de Gales, Carlos Queiroz trocou algumas impressões com uma jornalista e chegou a inverter papéis durante breves instantes.

Shaimma Khalil, jornalista da BBC, perguntou ao portista Mehdi Taremi se tinha alguma mensagem para enviar a quem nesta altura protesta nas ruas do Irão contra a repressão do regime e no final da conversa com os jornalistas o treinador português dirigiu-se a ela já fora do palanque e recordou a saídas das tropas dos Estados Unidos e do Reino Unido do Afeganistão no ano passado.

«Porque é que não pergunta ao Southgate o que é que ele acha do facto de Inglaterra e os Estados Unidos terem saído do Afeganistão e deixado todas as mulheres sozinhas?!», disse-lhe Queiroz, considerando ser também importante que outros técnicos fossem questionados sobre temas relevantes que transcendem o desporto.

Antes, durante a conversa com os jornalistas, um outro repórter perguntou ao selecionador do Irão se considerava justo que a imprensa ocidental fizesse tantas questões políticas aos futebolistas iranianos. «A imprensa tem o direito de fazer as questões que considere serem as corretas. E nós temos o direito de dar as respostas corretas. É tudo uma questão de nos respeitarmos mutuamente. Para nós, não há qualquer problema com as vossas questões, sejam elas quais forem. Mas vocês [jornalistas] precisam de respeitar as respostas que damos. Não há nada de errado com o facto de a imprensa internacional fazer as perguntas que quer. Trata-se de liberdade de imprensa e nós temos libertdade para responder», vincou.

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados