Mundial 2022: Mbappé fica com a Bota de Ouro, Messi faz história

18 dez 2022, 17:50
Argentina-França (AP)

Francês foi o melhor marcador, com oito golos, mas argentino foi o primeiro a marcar em todos os jogos a eliminar numa fase final

Kylian Mbappé conquistou a Bota de Ouro do Mundial 2022 com um total de oito golos marcados na fase final, três deles na final frente à Argentina. Lionel Messi, que chegou a estar no primeiro lugar da lista dos melhores marcadores este domingo, ficou no segundo lugar, com menos um golo do que o francês, mas voltou a fazer história.

Lionel Messi abriu o marcador da final do Mundial, na conversão de uma grande penalidade, e, nesse momento saltou para o topo da lista dos melhores marcadores, com seis golos, mais um do que Mbappé. Nesta altura, o argentino já fazia história, uma vez que se tornou no primeiro jogador a marcar em todos os jogos a eliminar de um Mundial: oitavos, quartos, meia-final e final.

Mbappé acabou, depois, por marcar dois golos em dois minutos e voltou a destacar-se no topo da lista dos melhores marcadores, com um total de sete golos, mais um do que Messi.

Já no prolongamento, Messi voltou a marcar e a igual Mbappé, mas o francês acabou por completar o hat-trick na conversão de mais uma grande penalidade e acabou por reclamar o título de melhor marcador.

Lista de melhores marcadores do Mundial 2022:

Oito golos:

Kylian Mbappé (França)

Sete golos:

Lionel Messi (Argentina)

Quatro golos:

Julián Álvarez (Argentina)

Olivier Giroud (França)

Três golos:

Enner Valencia (Equador)

Álvaro Morata (Espanha)   

Richarlison (Brasil)

Marcus Rashford (Inglaterra) 

Bukayo Saka (Inglaterra)

Cody Gakpo (Países Baixos)

GONÇALO RAMOS (PORTUGAL)                                                                                                   

Dois golos:
 
Harry Kane (Inglaterra)
Niclas Fullkrug (Alemanha)
Kai Havertz (Alemanha)
Salem Al-Dawsari (Arábia Saudita)
Richarlison (Brasil)
Neymar (Brasil)
Vincent Aboubakar (Camarões)
Cho Gue-sung (Coreia do Sul)
Andrej Kramaric (Croácia)
Álvaro Morata (Espanha)
Ferran Torres (Espanha)
Mohammed Kudus (Gana)
Mehdi Taremi (Irão)
Ritsu Doan (Japão) 
Youssef En-Nesyri (Marrocos)
Wout Weghorst (Países Baixos)
Robert Lewandowski (Polónia)
BRUNO FERNANDES (PORTUGAL)
RAFAEL LEÃO (PORTUGAL)
Aleksandar Mitrovic (Sérvia)
Breel Embolo (Suíça)
Giorgian De Arrascaeta (Uruguai)
 
Um golo:
Ilkay Gundogan (Alemanha)
Serge Gnabry (Alemanha)
Saleh Al-Shehri (Arábia Saudita)
Enzo Fernández (Argentina)
Alexis Mac Allister (Argentina)
Molina (Argentina)
Di Maria (Argentina)
Craig Goodwin (Austrália)
Mitchell Duke (Austrália)
Mathew Leckie (Austrália)
Michy Batshuayi (Bélgica)
Casemiro (Brasil)
Jean-Charles Castelletto (Camarões)
Erik Choupo-Moting (Camarões)  
Alphonso Davies (Canadá)
Kim Young-Gwon (Coreia do Sul)
Hwang Hee-Chan (Coreia do Sul)
Keysher Fuller (Costa Rica)
Yeltsin Tejeda (Costa Rica)
Marko Livaja (Croácia)
Lovro Majer (Croácia)
Ivan Perisic (Croácia)
Bruno Petkovic (Croácia)
Josko Gvardiol (Croácia)
Mislav Orsic (Croácia)
Andreas Christensen (Dinamarca)
Moisés Caicedo (Equador)
Dani Olmo (Espanha)
Marco Asensio (Espanha)
Pablo Gavi (Espanha)
Carlos Soler (Espanha)
Timothy Weah (Estados Unidos)
Haji Wright (Estados Unidos)
Christian Pulisic (Estados Unidos)
Adrien Rabiot (França)
Andre Ayew (Gana)
Mohammed Salisa (Gana)
Osman Bukari (Gana)
Phil Foden (Inglaterra)
Jack Grealish (Inglaterra)
Raheem Sterling (Inglaterra)
Jude Bellingham (Inglaterra)
Jordan Henderson (Inglaterra)
Roozbeh Cheshmi (Irão)
Ramin Rezaeian (Irão)
Takura Asano (Japão)
Ao Tanaka (Japão)
Daizen Meda (Japão)
Romain Saiss (Marrocos)
Zakaria Aboukhlal (Marrocos)
Hakim Ziyech (Marrocos)
Achraf Dari (Marrocos)
Henri Martín (México)
Luis Chávez (México)       
Davy Klaassen (Países Baixos)
Frenkie de Jong (Países Baixos)
Memphis Depay (Países Baixos)
Denzel Dumfries (Países Baixos)
Daley Blind (Países Baixos)
Gareth Bale (País de Gales)
Piotr Zielinski (Polónia)
CRISTIANO RONALDO (PORTUGAL)
JOÃO FÉLIX (PORTUGAL)
RICARDO HORTA (PORTUGAL)
PEPE (PORTUGAL)
RAPHAEL GUERREIRO (PORTUGAL)
Mohamed Muntari (Qatar)
Kalidou Koulibaly (Senegal)
Boulaye Dia (Senegal)
Famara Diédhiou (Senegal)
Bamba Dieng (Senegal)
Ismaïla Sarr (Senegal)
Strahinja Pavlovic (Sérvia)
Sergej Milinkovic-Savic (Sérvia)
Dušan Vlahović (Sérvia)
Xherdan Shaqiri (Suíça)
Remo Freuler (Suíça)
Manuel Akanji (Suíça)
Wahbi Khazri (Tunísia)
Neymar (Brasil)
Vinícius Jr. (Brasil)
Lucas Paquetá (Brasil)
Paik Seung-ho (Coreia do Sul)
Tchouameni (França)

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados