Alvaro Pereira desmaiou, mas não saiu: «A Celeste está primeiro»

20 jun 2014, 01:13
Alvaro Pereira

Lateral esquerdo conta um dos momentos mais dramáticos deste Mundial

Foi um dos momentos mais dramáticos do Campeonato do Mundo, no Uruguai-Inglaterra, no Arena Cortinthians, em São Paulo. Alvaro Pereira foi atingido pelo joelho de Sturridge na cabeça e, por momentos, perdeu os sentidos. Chegou-se a temer o pior, mas o antigo lateral do FC Porto recuperou e fez questão de continuar em campo, numa altura em que os médicos da «celeste» sugeriam que saísse. Ficou e jogou até ao fim.

«Sinceramente, desmaiei. Levei uma joelhada na cabeça, fiquei um pouco dorido, mas vou recuperar. Não sei se vou ter de ir a uma clínica, mas vou descansar. Com o corpo quente e vontade de ajudar a equipa, esqueci tudo e voltei para o campo. Primeiro está a Celeste, antes de mais nada», contou o defesa uruguaio no final do jogo.

O incidente com Sturridge aconteceu por volta da uma hora de jogo, quando o Uruguai já vencia por 1-0. O lateral ficou inanimado no relvado, mas recuperou poucos segundos depois. A equipa médica da celeste fez sinal para a equipa técnica o substituir, mas Alvaro Pereira disse de imediato que não, que queria voltar ao jogo. «Foi uma desobediência, mas eu não queria sair», insistiu.

O Uruguai acabou por vencer por 2-1, recuperando da surpreendente derrota diante da Costa Rica (1-3) na estreia.«sabíamos que era um jogo de vida ou morte porque se não tivéssemos um resultado positivo ficaríamos fora. Essa era a ideia, chegar à última jornada com possibilidades de classificação», destacou ainda.

O Uruguai joga na última ronda frente à Itália na próxima terça-feira no Arena Dunas, em Natal.

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados