MotoGP: Miguel Oliveira foi o melhor da KTM e vai partir em oitavo

25 jun, 14:52
Miguel Oliveira (EPA/FILIP SINGER)

Francesco Bagnaia foi o mais rápido e volta a partir da «pole position» no Grande Prémio de Assen, nos Países Baixos

Miguel Oliveira garantiu este sábado o oitavo lugar na grelha de partida para o Grande Prémio de Assen de MotoGP, nos Países Baixos, naquela que será a 11.ª prova da temporada.

O piloto natural de Almada, que teve de passar pela primeira fase da qualificação (Q1), depois de ter sido 15.º no conjunto dos três primeiros treinos livres, fez a sua melhor volta em 1.32,272 minutos, sendo o melhor representante da KTM.

Oliveira ficou a 0,768 segundos do mais rápido, o italiano Francesco Bagnaia (Ducati), que conquistou a quarta pole position da temporada, a segunda consecutiva.

O piloto da Ducati fez a sua melhor volta em 1.31,504 minutos, deixando o francês Fábio Quartararo (Yamaha), campeão em título e líder do campeonato, a 0,116 segundos. O espanhol Jorge Martin (Ducati) foi terceiro, a 0,204 segundos.

Este foi o segundo melhor resultado do piloto português em qualificação esta temporada, depois do sétimo lugar conseguido na Indonésia, na segunda prova da época, que Miguel Oliveira acabou por ganhar.

O piloto da KTM, que foi o quinto mais rápido na quarta sessão de treinos livres, em que habitualmente os pilotos testam as afinações de corrida, conseguiu passar à segunda fase da qualificação pela segunda vez este ano ao ser o segundo mais rápido na Q1.

Miguel Oliveira ficou apenas 0,065 segundos atrás do companheiro de equipa, o sul-africano Brad Binder (KTM), que foi o mais rápido nessa fase. Os dois passaram à Q2, onde o piloto luso garantiu o oitavo lugar, duas posições à frente de Binder.

De fora ficou este sábado o espanhol Pol Espargaró (Honda), devido a lesão sofrida na ronda anterior, na Alemanha. O piloto espanhol queixa-se de dificuldade em respirar e, por isso, optou por desistir deste Grande Prémio.

Fábio Quartararo chega a esta ronda na frente do campeonato, com 172 pontos, enquanto Miguel Oliveira é 10.º, com 64.

Relacionados

Patrocinados