Miguel Oliveira quer «atacar do princípio do fim» na «catedral»

25 jun, 19:52
Miguel Oliveira (EPA/FILIP SINGER)

Piloto português vai partir do oitavo lugar no Grande Prémio de Assen, nos Países Baixos

Miguel Oliveira diz que espera «atacar do princípio ao fim» no Grande Prémio de Assen de MotoGP, 11.ª ronda do Mundial, que se disputa este domingo, nos Países Baixos.

Em declarações difundidas pela KTM, Miguel Oliveira, que vai partir do oitavo lugar da grelha de partida, explicou que teve «uma boa sessão» nos quartos treinos livres, em que modificou a mota de forma a permitir melhorar a maneabilidade.

«Funcionou bastante bem. Tivemos um bom ritmo e velocidade com o pneu traseiro duro. Senti que tínhamos muito potencial para a Q1 e pudemos passar à Q2», disse Miguel Oliveira, que foi o segundo mais rápido na primeira fase da qualificação.

Na derradeira fase, o piloto português acabou por ficar com a oitava posição, a segunda melhor qualificação do ano.

«Só já tinha um pneu novo pelo que o poupei para a última tentativa, mas fui vítima de bandeiras amarelas [devido à queda de outro piloto]. De qualquer forma, deu para o oitavo lugar», disse Oliveira que alcançou o melhor tempo da KTM.

O piloto luso acredita que será «uma corrida interessante» aquela que se disputa domingo no circuito que é considerado a «catedral» do motociclismo.

«Acredito que possa estar numa boa posição e atacar do princípio ao fim», concluiu Miguel Oliveira, que ficou a 0,768 segundos do mais rápido, o italiano Francesco Bagnaia (Ducati), que conquistou a quarta pole position da temporada e segunda consecutiva.

Fábio Quartararo chega a esta ronda na frente do campeonato, com 172 pontos, enquanto Miguel Oliveira é 10.º, com 64.

Relacionados

Patrocinados