Miguel Oliveira: «O nono lugar hoje sabe a muito pouco»

26 jun, 17:49
Miguel Oliveira (KTM)

Piloto português lamentou toque com Joan Mir antes do arranque da corrida em Assen

O português Miguel Oliveira terminou o Grande Prémio de MotoGP dos Países Baixos, em Assen, na nona posição, perdendo um lugar face àquele em que arrancou.

No final da corrida, nas redes sociais, o piloto natural de Almada lamentou um choque com o espanhol Joan Mir (Suzuki), quando se posicionavam na grelha de partida. No entender de Oliveira, o toque acabou por influenciar a prestação no circuito neerlandês.

«Hoje, antes do arranque, toquei-me com o Mir e fiquei sem asa do lado direito. Perdi estabilidade nas curvas rápidas e não pude desafiar posições melhores. Nono lugar hoje sabe a muito pouco. Obrigado a toda a minha equipa pelo trabalho árduo, pela persistência e pelo carinho. Agora recuperar energias positivas para a segunda metade de campeonato», escreveu o piloto da KTM no Instagram.

Já aos órgãos de comunicação da equipa, Miguel Oliveira explicou que «estava à procura do lugar na grelha e não esperava que o Joan travasse tanto».

«Terminar entre os dez primeiros foi bom, mas é sempre frustrante quando sabes que poderias ter feito melhor, e eu sabia que hoje tínhamos velocidade e ritmo para ser um pouco mais rápidos. Reclamava que precisava de ser mais consistente e agora acho que tenho quatro nonos lugares! Não é a consistência que eu gostaria, mas agora temos esta pausa para nos reagrupar e voltar melhor», concluiu.

Relacionados

Patrocinados