Netflix em Portugal: Mosteiro da Batalha encerra dois dias para rodagem de filme

Agência Lusa
5 mai, 16:46
Mosteiro da Batalha

O diretor do monumento realça a "grande importância" desta escolha para a economia local e a indústria do cinema português

O Mosteiro da Batalha, no distrito de Leiria, encerra ao público nos dias 19 e 20 de maio para receber sessões de rodagem do filme “Damsel”, produção da Netflix que, em Portugal, vai passar também por Tomar e por Sortelha.

Na Batalha, as filmagens vão decorrer no Claustro Real e nas Capelas Imperfeitas, mas fica disponível a visitas à Igreja e Capela do Fundador, avançou a Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), que tem tutela sobre o monumento.

Depois, a produção chegará ao Convento de Cristo, para cinco dias de gravações em Tomar, no distrito de Santarém, e também à aldeia de Sortelha, no Sabugal, distrito da Guarda.

Para o diretor do Mosteiro da Batalha, a escolha do monumento Património da Humanidade da UNESCO para o novo filme da Netflix reveste-se de “grande importância” a vários níveis.

Além de ajudar a projetar a imagem do Mosteiro da Batalha, “é importante para a economia local da vila da Batalha, sobretudo depois de dois anos de pandemia que foram muito difíceis; e é também importante para a indústria do cinema importante em Portugal”, afirmou Joaquim Ruivo.

Segundo o responsável, a produtora responsável pelas filmagens está confiante que, depois de “Damsel”, “se abram portas para Hollywood e a Netflix venha cá, a Portugal, filmar mais vezes”.

“Pode abrir portas para grandes produções” e, com isso, não só projetar turisticamente o país como também “beneficiar o cinema português”.

Num momento em que o Mosteiro da Batalha recupera a afluência turística pré-pandemia, o encerramento de portas nestes dias é, assim, um sacrifício compreensível para o segundo equipamento cultural mais visitado no país em 2021 (entre os geridos pela DGPC), com 124.032 entradas.

Para compensar, os turistas individuais e os visitantes organizados em grupo vão poder, naqueles dias, circular livremente na igreja e na Capela do Fundador, esta habitualmente integrada no circuito apenas acessível com entrada paga.

O que se sabe sobre a nova produção da Netflix

O diretor do Mosteiro da Batalha avisa os futuros espectadores que terão de ter atenção para descobrirem em “Damsel” os espaços que vão servir de cenário ao filme.

“Com efeitos especiais, serão todos remodelados: o Claustro Real será o jardim de um palácio e as Capelas Imperfeitas vão, seguramente, ter um teto, com recurso a efeitos especiais. Para quem conhece o mosteiro, será uma surpresa”, concluiu.

Realizado por Juan Carlos Fresnadillo a partir de argumento de Dan Mazeau, “Damsel” envolve uma equipa técnica com cerca de 250 pessoas. O elenco integra Millie Bobby Brown, da série “Stranger things”, Shohreh Aghdashloo, Robin Wright, Nick Robinson, Angela Bassett, Ray Winstone e Brooke Carter. Participam ainda cerca de 35 figurantes portugueses.

“Damsel” (em português, “Donzela”) tem estreia prevista para o primeiro semestre de 2023, no serviço de ‘streaming’ da Netflix.

Na sinopse, a longa-metragem é apresentada como um conto de fadas em torno de Elodie, papel interpretado por Millie Bobby Brown, que casa com o impetuoso príncipe Henry, herdeiro do reino de Áurea. Depois do enlace, Elodie é aprisionada numa caverna como sacrifício para manter um dragão satisfeito. Elodie terá de usar a força e a inteligência para sobreviver e encontrar forma de escapar.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Cinema

Mais Cinema

Patrocinados