Turista de 36 anos morre colhido por metro do Porto. Vítima estava de auriculares

Agência Lusa , SM
9 jul, 15:31
Metro do Porto (JOSÉ COELHO/LUSA)

O incidente em Francos levou ao corte da circulação em ambos os sentidos

O homem que morreu esta tarde colhido por uma composição do metro, em Francos, no Porto, era um turista de 36 anos e estava de auriculares nos ouvidos, adiantou à Lusa fonte da Metro do Porto.

O incidente levou ao corte da circulação em ambos os sentidos, sendo que, segundo a mesma fonte, pelas 15:00 o metro já circulava mas “fortemente condicionado” entre a Casa da Música e a Senhora da Hora.

“Sabemos que o senhor estava de auriculares pelo relato de uma testemunha”, disse a fonte.

A mesma fonte adiantou que “infelizmente este tipo de incidente tem sido comum, pessoas que circulam de auriculares nos ouvidos e acabam por ser colhidas”.

O alerta foi dado pelas 13:55 e não há ainda previsão para a normalização da circulação.

 

 

País

Mais País

Patrocinados