Aulas suspensas e estradas cortadas devido à neve e gelo

Agência Lusa , AM - noticia atualizada às 9:05
18 jan, 07:56

Montalegre, Vila Pouca de Aguiar e Viseu são os distritos afetados

Os transportes escolares e as atividades letivas estão suspensas esta quarta-feira em Montalegre devido à queda de neve, deixando em casa cerca de 600 alunos, disse a Proteção Civil e o agrupamento de escolas.

O Agrupamento de Escolas Doutor Bento da Cruz, em Montalegre, avisou a comunidade educativa que hoje não haverá atividades letivas nas escolas do agrupamento e a Proteção Civil Municipal disse também que não se realizará o transporte escolar.

Assim, por causa da neve acumulada na maioria das vias do concelho desde o final da tarde de terça-feira e a formação de gelo devido às baixas temperaturas, não se realizam os transportes para a escola secundária Doutor Bento da Cruz, a escola secundária do Baixo Barroso e escolas Básicas de Montalegre, Salto e Cabril, bem como para a Cooperativa de Educação, Reabilitação, Capacitação e Inclusão (CACI) Montalegre.

“A evolução do estado do tempo está a ser acompanhada em permanência, sendo que as corporações de bombeiros do concelho (Montalegre e Salto), bem como as equipas camarárias, estão no terreno para o mais rapidamente possível, repor as condições de segurança para a normal circulação nas vias, assegurando a mobilidade de todos”, afirmou, em comunicado, a Proteção Civil Municipal de Montalegre.

Durante a noite houve equipas em prevenção no concelho e as operações de limpeza das estradas e de colocação de sal foram reforçadas a partir das 06:30.

“Continuou a nevar durante a noite. Neste momento temos tudo na rua a limpar as principais artérias, sendo que temos algumas estradas condicionadas”, afirmou hoje o comandante interino de Montalegre, Miguel Monteiro.

Espalhados pelo terreno, a corporação tem 12 operacionais e seis veículos.

O município vizinho de Boticas já tinha anunciado na noite passada que o transportes escolar não se iria realizar na manhã de hoje para o Agrupamento de Escolas Gomes Monteiro, também devido à neve e ao gelo.

Também em comunicado a Proteção Civil Municipal de Boticas disse estar a “acompanhar em permanência a evolução das condições atmosféricas adversas, procurando o mais rapidamente possível repor a normalidade da circulação nas estradas e garantir segurança e mobilidade dos seus munícipes”.

Neste distrito há ainda registo de queda de neve em Chaves, Ribeira de Pena, Vila Pouca de Aguiar, Murça e Valpaços, bem como nas serras do Alvão e do Marão, em Vila Real.

Segundo a GNR de Vila Real esta manhã está cortada a Estrada Municipal 1.334 por Lamas de Olo, serra do Alvão (Vila Real – Mondim de Basto), enquanto a Estrada Nacional (EN) 304 foi reaberta, mas a Guarda aconselha “muita precaução” devido ao gelo nesta via que liga Vila Real a Mondim de Basto.

Foi ainda reaberto ao trânsito o Itinerário Principal 4 (IP4) pelas 06:00, depois de ter estado cortado durante toda a madrugada na zona do Alto de Espinho, serra do Marão.

Vila Pouca de Aguiar suspende aulas

A Proteção Civil de Vila Pouca de Aguiar anunciou que as escolas do concelho vão estar fechadas esta quarta-feira por “não existirem condições” para a circulação em segurança de transportes escolares, devido à neve e ao gelo.

A neve que caiu em vários municípios do distrito de Vila Real levou hoje à suspensão de transportes escolares e de aulas em municípios como Vila Pouca de Aguiar, Boticas e Montalegre.

Esta manhã, em comunicado, a Proteção Civil de Vila Pouca de Aguiar informou que, “em virtude das condições meteorológicas adversas, neve acumulada e a previsível formação de gelo, o Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar, que contempla a totalidade dos espaços escolares do concelho (Vila Pouca de Aguiar, Pedras Salgadas) estará encerrado por não existirem condições para a circulação em segurança de transportes escolares”.

“A Proteção Civil acompanhará em permanência o evoluir das condições meteorológicas, procurando, em conjunto com as entidades responsáveis, repor a normalidade das condições de circulação nas estradas do concelho”, salientou ainda.

Em Ribeira de Pena, segundo o presidente da autarquia, João Noronha, há “constrangimentos” nas zonas de Alvadia e Canedo, não havendo esta manhã transportes escolares destas localidade também devido à neve e ao gelo.

Desde terça-feira que os meios da Proteção Civil e dos bombeiros estão espalhados pelas zonas mais altas do distrito de Vila Real, em operações de limpeza de vias e a espalhar sal para que as estradas fiquem transitáveis.

Estradas cortadas no distrito de Viseu

A neve está a provocar o corte da EN2, entre Castro Daire e Bigorne, e da EN 321, entre Castro Daire e Cinfães, e o condicionamento de outras vias do distrito de Viseu, segundo os comandos sub-regionais da Proteção Civil.

Fonte do comando sub-regional de Viseu Dão Lafões disse à agência Lusa, cerca das 08:00, que a Estrada Nacional (EN) 2 se encontra cortada desde as 00:39, tendo já sido acionado o limpa-neves para o local.

Também ficou cortada durante a noite a EN 321, “mas o limpa-neves já está a atuar e a estrada deverá reabrir em breve”, referiu, por seu turno, o comando sub-regional do Tâmega e Sousa.

Na zona do Douro, a neve está também a condicionar várias estradas municipais dos concelhos de Lamego, Moimenta da Beira e Tarouca, informou o respetivo comando sub-regional.

A Câmara de Tabuaço informou, através da rede social Facebook, que as estradas municipais 515 (Tabuaço - Arcos), 515-1 (Tabuaço - Vale Figueira) e a Estrada de Santa Luzia “estão condicionadas devido à neve e ao gelo”.

“Aconselha-se muita precaução a todos que as utilizem para circular. A alternativa será pela EN323”, informou a autarquia.

Meteorologia

Mais Meteorologia

Patrocinados